Obras da Linha 4 do metrô do Rio estão 75% concluídas

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

A Linha 4 do Metrô, que ligará Ipanema à Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, está 75% concluída, informou hoje (5) o secretário estadual de Transportes, Carlos Roberto Osório. A linha é um dos compromissos assumidos pelo Brasil com o Comitê Olímpico Internacional em 2009, durante a disputa para sediar os Jogos de 2016. 

De a cordo com o secretário, são cerca de 16 quilômetros de trilhos, por onde passarão diariamente mais de 300 mil passageiros. À tarde, Osório esteve no canteiro de obras com representantes das associações de Moradores e Comercial da Barra da Tijuca.

"Teremos também a ponte estaiada concluída até o fim deste ano. Com isso, entramos numa etapa de acabamento de colocação de trilhos e instalação da sinalização metroviária, de modo que, em abril e maio, iniciemos os testes, sem passageiros."

O secretário afirmou que, no dia 1° de junho de 2016, o metrô entrará em operação assistida, levando passageiros fora do horário de pico. Segundo ele, a operação comercial começará em 1° de julho, ligando a Barra da Tijuca ao Jardim Oceânico e Ipanema. Para Carlos Osório, esse será o maior legado dos Jogos para a população do Rio.

A ponte é suspensa por cabos de aço e ligará os túneis construídos no Morro do Focinho do Cavalo à Estação Jardim Oceânico, sobre o canal da Barra da Tijuca, único recho onde os trens poderão ser vistos fora do subterrâneo. 

Os cabos de aço recentemente instalados na ponte e as estruturas de concreto já alcançaram 54 dos 72 metros de altura. O trecho estaiado terá 250 metros de extensão. Na Estação Jardim Oceânico, as plataformas de embarque e desembarque, escadas e bilheterias já estão prontas.

Ao todo, 12 quilômetros de túneis foram escavados entre a Barra e Ipanema, faltando 1,3 Km na ligação metroviária. A Estação Gávea teve o projeto alterado, de modo a ampliar a possibilidade de futuras expansões da malha metroviária do Rio. Na Estação Jardim de Alah, no Leblon, zona sul, que, em 10 de julho, recebeu o Tunnel Boring Machine, o ‘Tatuzão’, está sendo construído o último acesso de passageiros à estação. 

"A velocidade média do Tatuzão está acima do esperado. Temos absoluta confiança na execução dos prazos e no cumprimento do cronograma. Chegamos nessa marca de um ano antes dos Jogos Olímpicos com a Linha 4 do metrô absolutamente dentro do cronograma e com uma segurança muito grande", concluiu Osório.

Por Armando Cardoso
Informações: EBC

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960