No Rio, Avenida Brasil tem nova interdição

domingo, 9 de agosto de 2015

Motoristas que nesta última semana enfrentaram longos engarrafamentos na Avenida Brasil, devem se preparar para dias de congestionamentos ainda maiores. A partir deste sábado (8), a Avenida Brasil terá a pista central, no sentido Zona Oeste, vai ser totalmente interditada no trecho entre o Trevo das Missões, em Cordovil, e o Trevo das Margaridas, em Irajá. As interdições são para a realização das obras do BRT Transbrasil.

Inicialmente programada para o dia 1º de agosto, essa interdição causou tantos transtornos no trânsito, que precisou ser adiada para a realização de ajustes. O trecho fechado ao tráfego tem aproximadamente quatro quilômetros.

A faixa reversível será mantida neste trecho, na pista central sentido Centro. Sendo o que o início da sua implantação, no sentido Zona Oeste, vai funcionar nos dias úteis, das 11h às 21h. Caminhões e carretas estão proibidos de circular pela faixa reversível.

Nos demais dias e horários, essa faixa vai funcionar normalmente como exclusiva de ônibus, no sentido Centro.

A Secretaria de Transportes observa ainda que a faixa reversível deve ser usada somente por veículos que vão seguir para a Zona Oeste. Motoristas que forem para a Rodovia Presidente Dutra devem seguir pela pista lateral. Inclusive os ônibus.

Os caminhões com altura superior a 4,5 metros não vão poder seguir pela Avenida Brasil após o acesso à Via Dutra. Eles devem seguir pela Avenida Brasil, Via Dutra, entrar no Viaduto Coronel Phidias Távora (no Jardim América), seguir pela Avenida Rio D’Ouro pegar novamente a Via Dutra e a Avenida Brasil.

A CET-Rio calcula que haverá impacto no trânsito da própria Avenida Brasil, no sentido Zona Oeste, com reflexos na Rodovia Washington Luís. Por isso, aconselha a população a usar o transporte público e, se possível, optar pela Linha Vermelha ou rotas alternativas, como o corredor da Rua Vinte e Quatro de Maio, Avenida Pastor Martin Luther King, Avenida Leopoldo Bulhões, em direção à Zona Oeste.

A CET-Rio lembra ainda que a faixa reversível no trecho entre o Caju e a Ilha do Governador continua a ter o horário de funcionamento das 13h às 21h e passou a ser implantada também aos domingos, desde 2 de agosto, com o objetivo de minimizar o impacto das interdições na Ponte Rio- Niterói.

Informações: G1 Rio

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960