Ferramenta mostra horários, itinerários e pontos mais próximos em Presidente Prudente

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Em Presidente Prudente, um aplicativo foi desenvolvido para melhorar a rotina dos usuários do transporte público: o Guia de Mobilidade Urbana (Guimu). A ferramenta, disponível para celulares, tablets e computadores, faz com que seja possível ter o acesso a horários de ônibus, itinerários e trajetos de todas as linhas.

A ideia surgiu após as reclamações daqueles que utilizam o coletivo, sobre o tempo que se perde enquanto se espera. Essa situação era vivida pelo programador Mateus Messias Cavichioli Coelho na época em que estavam na faculdade. Assim que se formaram, decidiram pôr em prática algo que pudesse melhorar a vida do usuário.

“Desde sempre eu utilizei ônibus e buscava a facilidade em saber sobre os horários de um forma simples, foi então que veio a ideia de criar um aplicativo e um site”, explicou Coelho.
Com o sistema, é possível ver o ponto de ônibus mais próximo, verificar os trajetos e locais por onde o veículo deverá passar, realizar pesquisas por nome de bairros sobre quais as linhas disponíveis, os horários de cada circular, além de saber se a parada é coberta ou não. Esse aplicativo é gratuito e para baixá-lo, basta ter acesso à internet.

O sócio da empresa Wellignton Franklin conta como funciona. “Hoje todo mundo tem internet no celular, e com isso a pessoa não terá uma perda de tempo, pois será possível saber se o ônibus passará naquele determinado horário”, ressaltou.

Foram oito meses de trabalho até ficar pronto, e ainda outras novidades devem vir, conforme o outro proprietário da empresa Fernando Scolari. “Vamos implantar rastreadores, GPS, nos ônibus e daqui umas duas semanas, iniciaremos a fase de testes”, informou.

Com a implantação dos rastreadores nos veículos, um usuário que estiver no Terminal Rodoviário, por exemplo, conseguirá saber em que momento o ônibus que ele espera deverá chegar, isso porque, a ferramenta dirá onde exatamente o veículo está.

Essa facilidade agrada aqueles que estão sempre utilizando o celular, mesmo sem entender muito de tecnologia.“É com porque a gente acessa e já pode ver onde o ônibus está. Meus filhos e netos também poderão me ajudar”, disse a aposentada Ignácia Castanheira dos Santos.

Informações: G1 Presidente Prudente

Leia também sobre:

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960