EPTC bloqueou 771 cartões TRI em 2014 em Porto Alegre

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) bloqueou em 2014 771 cartões TRI, usados no pagamento da passagem de ônibus em Porto Alegre, sendo que 344 ainda tinham os benefícios suspensos no início de 2015. Ao todo, foram realizadas auditorias em 2.293 cartões, e 34% deles tiveram os benefícios suspensos.

Ainda segundo a EPTC, 294 cartões bloqueados são de transporte escolar, que resultaram em 140 regularizações e 154 suspensões de compra de passagem com desconto. Foram advertidos e orientados 884 portadores de cartão.

Segundo o diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, são investigados cartões de isento, geralmente usados por idosos, e também de benefícios, como o vale-transporte. "São benefícios legais que não podem ser utilizados de forma indevida, pois acabam prejudicando todo o sistema de ônibus. Inclusive, estamos realizando ações judiciais de ressarcimento pelas irregularidades", disse Cappellari segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Porto Alegre.

De acordo com a EPTC, cartões com benefícios são utilizados por terceiros ou vendidos. No caso dos cartões de Vale Transporte e Passe Antecipado, a fraude é apontada como uma das causas da queda de pagamento integral da tarida. A prática pode acarretar em crime contra a economia popular e incentivo à ação de grupos criminais que ameaçam a fiscalização do sistema de transporte.

Informações: G1 RS


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960