Em Fortaleza, Motoristas flagrados em faixa exclusiva para ônibus agora pagam multas

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Após um mês de período educativo para os motoristas se adaptarem às novas regras de circulação na Av. da Universidade, a Prefeitura de Fortaleza começou a autuar efetivamente os veículos que desrespeitarem a faixa exclusiva de ônibus. A medida garantirá maior cumprimento ao espaço destinado ao tráfego de coletivos, otimizando o deslocamento dos usuários.

Todo o corredor está monitorado com oito equipamentos de fiscalização eletrônica distribuídos entre as avenidas Eduardo Girão e Domingos Olímpio para coibir a utilização irregular da faixa, por onde devem trafegar apenas ônibus, vans, transporte escolar e táxis. Os demais veículos só poderão adentrá-la para realizar conversões à direita nos cruzamentos imediatos ou acesso ao lote, sempre respeitando a sinalização existente e o limite máximo de uma quadra. A autuação ocorrerá quando a mesma placa for registrada por dois equipamentos consecutivos.

Conforme as placas de sinalização vertical instaladas ao longo da Av. da Universidade, a faixa funciona nos dias úteis, de 5 às 21 horas, e aos sábados, de 5 às 16 horas. Aos domingos e feriados, o tráfego é livre. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o valor da multa por transitar em faixa exclusiva é de R$ 53,20 e implica em três pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Além das câmeras, que farão a leitura dos veículos que circulam na faixa de ônibus, um equipamento de fiscalização eletrônica misto instalado na via registrará as demais infrações como excesso de velocidade, parada sobre faixa e avanço de semáforo. Agentes da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC) também atuarão em rota volante coibindo práticas irregulares cometidas pelos motoristas.

Iniciativa do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt), a faixa exclusiva foi implantada na Av. da Universidade como alternativa para melhorar o fluxo diário de 42 linhas de ônibus e facilitar a ligação entre o Benfica e o Centro da cidade. De acordo com o programa, até julho de 2015 cerca de 122 quilômetros de faixas exclusivas para transporte público serão implantados em Fortaleza.

Educação e Fiscalização
O funcionamento da fiscalização eletrônica nas faixas exclusivas de ônibus será otimizado para garantir maior cumprimento a estes espaços e consequentemente aumentar a velocidade operacional dos coletivos, permitindo viagens mais rápidas e com melhor comodidade aos passageiros.

Após a implantação das faixas exclusivas, a Prefeitura terá até 30 dias para iniciar o processo de instalação dos equipamentos de fiscalização eletrônica. Ao ser concluída a instalação, será dado um período educativo de 15 dias para que os motoristas se adequem às regras de circulação. Depois desse prazo terá início a aplicação de multas.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960