Ordem de construção da via BRT Transoceânica é assinada

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Os ministros Miriam Belchior (Planejamento) e Gilberto Occhi (Cidades) assinaram nesta quinta-feira (25) a ordem de construção da via expressa BRT TransOceânica, principal projeto de reestruturação urbana do Rio de Janeiro.

A via atenderá a 11 bairros da Região Oceânica da cidade e mais de 70 mil pessoas. Os 9,3 quilômetros do trajeto contam com um túnel de 1,3 quilômetros e 13 estações, num sistema integrado de ônibus BRT e barcas. Atualmente, a obra ocupa 700 trabalhadores, número que chegará a 1.036 no auge dos trabalhos. O prazo de execução da obra é de 24 meses.

Grande parte do projeto conta com ciclovias e bicicletário nas estações. O BRT TransOceânica é um projeto intermodal, integrando ônibus, bicicletas e estação hidroviária. O tempo de deslocamento até o centro do Rio de Janeiro, que atualmente dura aproximadamente duas horas, será reduzido para 30 minutos.

O BRT adotará um sistema modal inovador no Brasil, o Bus of High Level of Service (BHLS). Trata-se de um modelo de ônibus menor com portas nos dois lados, permitindo integração nos dois lados das pistas, também conhecido como 'MetroBus'. O BHLS permite que os passageiros possam embarcar em faixas que não são exclusivas e nos seus próprios bairros. Após o embarque, os ônibus retornam à faixa exclusiva.

Informações: Portal Brasil

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960