Nove novas linhas alimentadoras do BRT Transcarioca começam a operar segunda

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

O Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) terá prioridade em pelo menos 80% dos semáforos para travessia de pedestres e cruzamentos de veículos ao longo de seus dois eixos (Centro-Coxipó e Aeroporto-CPA).

O Consórcio BRT promove, a partir da segunda-feira (25/8), mais uma etapa do processo de racionalização das linhas de ônibus das regiões de Recreio, Jacarepaguá e Madureira. A medida cumpre o planejamento definido pela Secretaria Municipal de Transportes. Veja o esquema abaixo:

       Início da operação da linha alimentadora 816A (Capela – Tanque), em substiuição a 816 (Taquara – Hospital Cardoso Fontes), com integração ao BRT no Terminal Mestre Candeia, junto a estação Tanque.

       Início da operação da linha alimentadora 690A (Méier - Madureira). em substituição a 690 (Méier – Alvorada via Madureira),  com integração ao BRT nos terminal Paulo da Portela, em Madureira.

       Início da operação da linha alimentadora 890A (Tanque – Alvorada via Cidade de Deus), em subsituição a 690 (Méier – Alvorada via Madureira),  com integração ao BRT nos terminalis Mestre Candeia (junto a estação Tanque) e Alvorada.

       Início da operação da linha alimentadora 932A (Gardênia Azul – Tanque via Pau Ferro), em substituição a 732 (Gardênia Azul – Cascadura), com integração ao BRT no Terminal Mestre Candeia, junto a estação Tanque.

       Início da operação da linha alimentadora 810A (Pontal - Curicica), em substituição a 747 (Vargem Grande - Cascadura), com integração ao BRT na estação Praça do Bandolim (Transcarioca).

       Início da operação da linha alimentadora 809A (Curicica – Recreio via Vargem Grande), em substituição a 749 (Cascadura – Recreio via Vargem Grande), com integração ao BRT na estação Praça do Bandolim (Transcarioca).

       Início da operação da linha alimentadora 954A (Curicica – Recreio via Benvindo de Novaes), em substituição a 758SV (Cascadura – Recreio via Benvindo), com integração ao BRT na estação Praça do Bandolim (Transcarioca).

       Início da operação da linha alimentadora 875A (Praça Seca – Chácara circular), em substituição a 875 (Praça Seca - Chácara), com integração ao BRT na estação Praça Seca (Transcarioca).

       Início da operação da linha alimentadora 991A (Taquara – Alvorada via Cidade de Deus), em substituição a 691 (Méier – Alvorada via Taquara), com integração ao BRT nos terminais Bandeira Brasil (Taquara) e Alvorada.


A criação das linhas alimentadoras dos corredores BRT segue a lógica de racionalização do sistema de ônibus no município. Linhas convencionais são extintas ou passam a ter seus itinerários reduzidos, tornando-se parte do Sistema BRT. Com isso, os passageiros passam menos tempo no trânsito comum e, após a integração com os corredores BRT ganham mais rapidez em seus deslocamentos. Os cortes de linhas convencionais acontecem de forma gradual. 

Portadores dos cartões Riocard, Vale Transporte, Bilhete Único (Estado) e Bilhete Único Carioca (Prefeitura) têm o benefício de fazer até três viagens (que incluam um BRT e uma linha alimentadora) pagando apenas uma passagem desde que as validações sejam feitas dentro de um período de duas horas e meia.

Promotores do Consórcio BRT estarão nas estações e principais pontos das linhas acima divulgando todas as mudanças para a população, com distribuição de folhetos explicativos. As novidades também estão nas redes sociais do BRT Rio, que atingem até 120 mil seguidores.

Informações: BRT Rio

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960