Prefeitura de Campinas assina contrato com a Caixa para a construção dos corredores BRT

sexta-feira, 4 de julho de 2014

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, assina contrato com a Caixa Econômica Federal (CEF) para a construção dos corredores BRT do Ouro Verde e Campo Grande, além do corredor perimetral ligando a Vila Aurocan até o Campos Elíseos. A cerimônia será nesta sexta-feira, dia 4 de julho, às 9h30, na Sala Azul do Paço Municipal.

Também participam do evento o gerente regional da Caixa, Mário Tonon, e o secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Carlos José Barreiro.

O BRT (Bus Rapid Transit – ônibus de trânsito rápido) campineiro irá beneficiar mais de 300 mil pessoas que residem nas duas regiões. No Ouro Verde serão 14,4 km de extensão, saindo da região central, seguindo pela João Jorge, Amoreiras, Ruy Rodriguez, Camucim e Terminal Vida Nova. Já no Campo Grande serão 17,8 km de extensão, também saindo da região central, seguindo pelo leito desativado do antigo Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), John Boyd Dunlop e chegando ao Terminal Itajaí. Entre os dois corredores haverá um corredor perimetral, com 4 km de extensão, ligando a Vila Aurocan até o Campos Elíseos. Os investimentos são da ordem de cerca de R$ 340 milhões.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960