Em Natal, Unificação da bilhetagem será em três meses

segunda-feira, 28 de abril de 2014

A unificação do processo de bilhetagem eletrônica deverá ocorrer em três meses. O novo prazo foi anunciado pelo  procurador-geral do município,  Carlos Castim, e a secretária de Mobilidade Urbana de Natal, Elequicina dos Santos, em sessão polêmica na Câmara Municipal do Natal, realizada na tarde de ontem. Atendendo a convocação da CMN, os representantes da Prefeitura, além do presidente do Sintoparn, José Pedro dos Santos,  prestaram esclarecimentos sobre a não implantação da bilhetagem única para o transporte público de passageiros. 

O Seturn não compareceu ao Legislativo. A convocação é anterior a instauração da Cei da Bilhetagem. De acordo com Elequicina, este  é o prazo para o Instituto para Desenvolvimento do Sistema de Transporte (Idestra), Oscip contratada pela Prefeitura, concluir o projeto da bilhetagem. “Esta é a prioridade zero da prefeitura e não está mais vinculada a licitação do transporte público e ao Plano de Mobilidade Urbana”, disse. Os técnicos deverão estar em Natal, a partir da segunda semana de maio.

Sandro Pimentel (PSol), autor do primeiro requerimento que buscava a convocação do prefeito Carlos Eduardo, se disse insatisfeito com as informações prestadas. “Questões básicas como o porquê da não implantação, quem será responsabilizado e quando estará funcionando em definitivo não foram respondidas”, disse.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960