Manaus: Ônibus operam na avenida das Torres

terça-feira, 13 de julho de 2010


O novo sistema viário de Manaus, avenida Governador José Lindoso, mais conhecido como “avenida das Torres”, corredor de integração das zonas Norte, Leste e Centro-Sul de Manaus, passou a contar, desde ontem, com a circulação da linha de transporte coletivo 457, que atende os moradores das comunidades Águas Claras 2 e Parque das Garças, na Zona Norte de Manaus.

Um dos usuários do transporte coletivo, o comerciante Orlando Vidal, 50, que aguardava o transporte próximo a um sinal de parada de ônibus, disse que a via trouxe melhorias, porém faltam alguns detalhes para ficar perfeita. “Ainda falta a construção de assentos e cobertura nas paradas e sinal inteligente em alguns pontos da via, para que idosos e crianças possam atravessar com mais segurança, principalmente, nos horários de picos, quando os veículos costumam passam em grande velocidade”, declarou.

Em um outro ponto da via, a professora Maria Auxiliadora, 32, que também aguardava a linha 457, comentou a necessidade de se colocar mais ônibus para circular pela avenida das Torres. “A via dá acesso a outros bairros, portanto, o órgão competente tem que avaliar a condição de trazer alternativas no transporte”, comentou a professora.

De acordo com o Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), quatro novos veículos devem operar na linha 457, na recém-inaugurada via, após conclusão de pesquisas sobre demanda de passageiros que estão sendo realizadas por técnicos do órgão. Outro ponto ainda a ser definido é com relação as áreas para instalação das paradas de ônibus que estão sendo estudadas. Outras linhas de ônibus deverão operar na via após conclusão de pesquisas sobre demanda de passageiros na área.

A avenida das Torres, que possui 6.300 metros de extensão, com três pistas de cada lado, também serve com caminho alternativo para a Torquato Tapajós e Efigênio Sales, vias que já enfrentam saturação de tráfego, além de facilitar o acesso entre o Distrito Industrial e o aeroporto internacional Eduardo Gomes. A obra entregue no dia 29 de junho, recebeu investimento da ordem de R$ 48,2 milhões.

Fonte: Em Tempo

1 comentários:

Milton Almeida disse...

Já é uma idéia muito boa essa nova linha a 457 , porque nao estudar a opção dessa nova linha fazer a ligação entre o T3 e o T2 já que o fluxo de pessoas que moram nessas mediações é bastante grande, seria muito bom esse onibus fazer o trajeto ligando a zona norte com a zona sul pela avenida das torres , e os passageiros só tem a ganhar com mais essa nova opção.

Notícias Relacionadas

Loading...

Google+ Followers

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Brasil vai inaugurar mais de 250 quilômetros de BRT em 2014

Nova etapa das obras da Linha 4 do Metrô do Rio é iniciada na Gávea

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Governo estuda trem-bala de São Paulo a BH, Curitiba e Brasília

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960