Curitiba: Mais 127 novos ônibus para renovação da frota

quinta-feira, 9 de julho de 2009

O prefeito Beto Richa entregou nesta quarta-feira (8), no Parque Barigui, mais 127 novos ônibus para renovação da frota da Rede Integrada de Transporte (RIT). "É mais uma etapa do nosso compromisso de melhoria permanente do sistema de transporte coletivo, oferecendo à comunidade mais conforto e mais segurança", disse Richa.
Esta foi a segunda entrega de novos ônibus feita por Richa para renovação da frota neste ano, além da entrega, em maio, dos 14 ônibus da Linha Verde, numa ampliação do sistema. Em janeiro, o prefeito entregou 57 novos ônibus.
Até o fim do ano serão entregues mais 135 veículos, o que representará a renovação, a partir de 2005, de 1.120 dos 1.910 ônibus da frota da RIT, gerenciada pela Urbs (Urbanização de Curitiba S/A). O índice de renovação da frota da RIT chegará, em dezembro, a 58,3%.
Os novos veículos são equipados com elevadores, painéis eletrônicos com nome da linha, sistema de monitoramento por satélite (GPS), bancos com cores diferenciadas para idosos, deficientes ou gestantes, e balaústres táteis, entre outros itens de segurança e conforto para os passageiros.
Além de adaptados às normas de acessibilidade, os novos ônibus são também menos poluentes. Eles funcionam com motores eletrônicos Euro 3, tecnologia que faz a queima quase completa do diesel, reduzindo em 60% a emissão de poluentes (sobra de material tóxico eliminado na forma de fumaça e fuligem).
Com os ônibus Euro 3, a frota de transporte coletivo deixa de emitir, de 2005 a 2009, cerca de 2,8 mil toneladas de monóxido de carbono, óxidos de nitrogênio, hidrocarbonetos totais e material particulado.
"Com ônibus menos poluentes, também investimos na sustentabilidade do meio ambiente e na qualidade de vida para os curitibanos", disse Richa.
Os ônibus do transporte coletivo passam por duas revisões anuais, além de vistorias e testes de fumaça feitos preventivamente pela Urbs. No ano passado, a Urbs fez 1.628 testes de fumaça, uma média de seis por dia útil.
Dos 127 ônibus entregues nesta quarta-feira, 105 são alimentadores - linhas que fazem a ligação entre os bairros e terminais de transporte; 13 são convencionais; sete são do Sistema Integrado de Transporte para o Ensino Especial (Sites), e quatro são da linha Interbairros. São linhas operadas por dez empresas urbanas e duas metropolitanas.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960