Em SP, Serviço Atende é aprovado por 99,3% dos usuários

terça-feira, 12 de abril de 2016

Prestes a completar 20 anos de atividade, o Serviço de Atendimento Especial, conhecido como Atende, é aprovado por 99,3% dos usuários, segundo pesquisa realizada com 150 beneficiados. Atualmente, são transportados 4.882 passageiros com deficiência por mês, além de 3.574 acompanhantes.

Criado em maio de 1996, o Atende transporta pessoas com deficiência física com alto grau de severidade e dependência, impossibilitados de utilizar os meios de transporte público para a realização de tratamentos médicos, estudos, trabalho e até mesmo lazer.

Os usuários fazem outra avaliação do Atende por meio de uma escala de 0 a 10 que, na média, recebe nota 9,51. Entre os autistas, o desempenho é ainda melhor: 9,6. Os entrevistados foram solicitados a atribuir notas a diferentes aspectos do sistema, desde o processo à inscrição, acessibilidade, tempo de espera e postura dos funcionários. Todas os resultados ficam acima de 8,2, com destaque para a competência do serviço, que tem conceito de 9,3.

Outro destaque é a avaliação do último atendimento, que recebe média de 9,56, sendo que os itens relacionados aos motoristas têm nota acima de 9,7 e questões referentes às condições do veículo ficam além de 9.

Na questão das rotas disponibilizadas para os passageiros, 92% dos entrevistados consideram adequadas ou totalmente adequadas, demonstrando o nível de qualidade da programação realizada pela SPTrans.

Questionados sobre a expectativa em relação ao serviço antes de serem atendidos, 70,7% respondem que o Atende é melhor ou muito melhor do que esperavam, enquanto 28,7% classificam o atendimento como esperado anteriormente.

“O Atende é a concretização de que o transporte público têm de servir a todos e com conforto e segurança, daí o reconhecimento altamente positivo que vem tendo nos últimos anos”, afirma o secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto.  Dentre os pesquisados, 54% eram homens e 46% mulheres. Entre eles, participaram cinco pessoas com autismo que passaram a ser atendidas em 2015.

O levantamento foi realizado pela Contexto Pesquisas, sob encomenda do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo, o SPUrbanuss.  

A utilização dos táxis acessíveis para a realização de viagens eventuais, que permitiu ampliar o atendimento, foi avaliada como ótima ou boa por 88,9% dos entrevistados. Dos usuários que responderam a pesquisa, 69 fazem seus deslocamentos nesta nova modalidade, o que corresponde a 46%.

Serviço Atende
O atendimento é prestado a clientes cadastrados, feito porta a porta e conta com 388 veículos adaptados, que operam das 7h às 20h. Com cerca de um milhão e meio de quilômetros rodados por mês e dois milhões de viagens por ano.

As rotas de atendimento dos usuários eram desenvolvidas por técnicos da área, de maneira manual. Em 2013, foi contratada uma empresa para desenvolver o sistema de roteirização, para otimizar as rotas e agilizar o processo de encaixe dos pedidos de usuários. Isso resultou, junto com os esforços da equipe, na diminuição da demanda reprimida do serviço. De 2014 para 2015, o número de pessoas sem atendimento caiu em 65%.

Táxi Acessível
Em 2013, foi criado o projeto piloto para o atendimento com taxis acessíveis, com alto nível de aprovação pelos usuários atendidos. Em setembro de 2014, foi iniciado o atendimento das viagens eventuais com esse modo de transporte, o que propiciou maior agilidade, qualidade e economia ao serviço.
Essa modalidade possibilitou que, no segundo semestre de 2015, fosse criado o atendimento noturno, disponibilizado no retorno de escolas e faculdades após as 20h.

Prêmios
O Serviço Atende foi homenageado com o Prêmio Marca Brasil nos últimos quatro anos, no Setor de Reabilitação de Pessoas com Deficiências, como a melhor marca de Entidade Setorial. Isso comprova o alto índice de satisfação dos usuários.

Serviço Eventual
O Atende participa dos denominados “eventos aos finais de semana”, nos quais os pedidos de transporte são feitos com uma semana de antecedência pelas instituições que trabalham com pessoas com deficiência. Esse serviço cresceu, tanto no número de pessoas atendidas, quanto no número de instituições.

Durante a Copa do Mundo de 2014, o Atende realizou o transporte dos jogos que aconteceram em São Paulo. Além disso, também são realizados atendimentos nos eventos que acontecem na cidade, como a Fórmula 1 e o Carnaval.

Assessoria de Imprensa - SPTrans

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960