MobiLab recebe propostas para concurso de projetos de mobilidade urbana

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

O Laboratório de Mobilidade e Protocolos Abertos (MobiLab) da Secretaria Municipal de Transportes (SMT) realizou nesta segunda-feira, 11, a abertura dos envelopes com as propostas para o concurso público que visa selecionar 14 projetos de tecnologia para serem desenvolvidos em conjunto com os idealizadores. A entrega dos envelopes foi encerrada na última sexta-feira, 8, e foram recebidas 58 propostas distribuídas entre os 14 projetos.

O ganhador de cada um dos projetos irá receber uma quantia em dinheiro que varia entre R$ 115 mil e R$ 835 mil.

Entre os projetos propostos pelo MobiLab estão, por  exemplo, o desenvolvimento de softwares para a área de vistoria e inspeção dos ônibus; análise do custo operacional do transporte; infrações e multas; monitoramento do transporte coletivo fretado e comunicação com semáforos. A relação completa está disponível no site http://mobilab.prefeitura.sp.gov.br/projetos/.

Agora, os projetos serão enviados para um parecer independente da Fundação USP, parceira do MobiLab, e da comissão julgadora do Concurso. O prazo para divulgação dos vencedores dependerá da complexidade de cada proposta. A expectativa do Laboratório é que os premiados sejam conhecidos até o fim do mês de fevereiro.

MobiLab

O MobiLab é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Transportes (SMT) e da Prefeitura de São Paulo, que busca o desenvolvimento de soluções para a melhoria da gestão do transporte, do trânsito e da mobilidade urbana na cidade, orientado pelas premissas que caracterizam uma experiência concreta de governo aberto: inovação, transparência e participação da sociedade civil.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960