Rodoviários de Salvador paralisam as atividades por 4h nesta quarta

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Os rodoviários paralisam as atividades, nesta quarta-feira, 16, das 4h às 8h. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado da Bahia (Sintroba), a mobilização foi decidida em assembleia realizada nesta terça-feira.
Lúcio Távora | Ag. A TARDE
"Decidimos pela paralisação, pelo clamor da categoria que vem nos cobrando uma posição sobre os casos de violência contra colegas de trabalho e também pelo não cumprimento do que ficou decidido sobre a PLR", disse o vice-presidente do Sintroba, Fábio Primo.

A Participação nos Lucros e Rendimentos (PLR) foi uma das propostas aceitas pelos empresários para evitar a greve no mês de maio, quando a categoria estava em campanha salarial.

Várias rodadas de negociações foram realizadas na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego da Bahia (SRTE-BA), porém, não houve acordo entre as partes. O Sindicato das Empresas de Transporte Público de Salvador (SETPS) diz que para realizar o pagamento da PLR, as empresas precisam fechar o balanço de 2015. É o que justifica o assessor de relações sindicais do SETPS, Jorge Castro. "Esse balanço termina em 31 de dezembro. Toda empresa precisa de uma auditoria externa para verificar se as contas estão corretas, e, sendo aprovadas, serão divulgadas para todo o público. Então, a partir daí o empresariado terá uma posição", garantiu.

Segurança
Outro item da reivindicação dos rodoviários é a falta de segurança diária dentro dos coletivos. Dois casos chamaram mais atenção da categoria. Na segunda-feira, 14, o cobrador Samuel Batista Feitosa, de 32 anos, foi baleado durante assalto a ônibus na avenida Bonocô, em Salvador. Em abril, Everaldo de Oliveira Silva, 62 anos, morreu dias após ter sido queimado em um atentado contra um ônibus no bairro da Ribeira.

Fábio diz que a situação está insustentável."Vamos cobrar a falta de segurança dentro dos coletivos. Ônibus sendo queimados em atentados, companheiros baleados e mortos pelo fogo. Não podemos deixar que essa situação continue", lamentou.

Os rodoviários que trabalham no turno matutino foram convocados para participar de mais uma mobilização pela tarde, que faz parte de uma agenda nacional contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff. O evento acontece a partir das 15h no Campo Grande.

Informações: A Tarde

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960