Prefeitura de Teresina vai gastar R$ 30 milhões para monitorar os ônibus

terça-feira, 17 de novembro de 2015

A Prefeitura de Teresina finalizou o processo licitatório para a instalação do Centro de Controle Operacional, com o objetivo de monitorar o sistema de transporte público da capital. O CCO terá sede no antigo prédio da Strans localizado à Avenida Pedro Freitas.

A reforma do prédio está orçada em R$ 1.318.201,59 e o termo de serviço deve ser assinado nos próximos dias. O prazo para a conclusão da obra é de seis meses. Após a reforma, será aberto um novo processo licitatório para a compra, implantação e manutenção dos equipamentos de segurança.

Serão instaladas câmeras nos corredores exclusivos, vias de ligação e terminais de integração, que serão monitoradas em tempo real em uma sala computadorizada. O valor previsto para a aquisição dos equipamentos é de R$ 29,6 milhões.

Por Jhone Sousa

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960