Transporte Público de Campinas terá faixas e fiscalização mais rigorosa

sexta-feira, 17 de julho de 2015

A Prefeitura de Campinas vai iniciar, ainda neste ano, a implantação das novas faixas exclusivas para ônibus nas regiões do Campo Grande e Ouro Verde, que concentram cerca de 400 mil moradores. Nestas vias, poderão circular apenas veículos do transporte coletivo, a Emdec passará a monitorar com fiscalização eletrônica o techo. Para isso, serão instalados (tanto nas novas faixas quanto nas existentes) equipamentos de Leitura Automática de Placas que irão flagrar o motorista infrator. 

A secretaria de Transportes, disse que irá ampliar o número de agentes de trânsito nas ruas da cidade, que passarão de 280 para 400. Em 2014 foram emitidas 1,6 mil multas por desrespeito ao uso das faixas e corredores exclusivos. Esse número de infrações é considerado baixo. Os valores das multas nas vias exclusivas vão de R$ 53,20 a R$ 127,69. 

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), disse que a medida visa priorizar o transporte público, já que o município é proporcionalmente mais motorizado do que a cidade de São Paulo. Campinas tem 850.147 veículos para uma população de 1,1 milhão de habitantes. 

Atualmente a cidade possui 11 quilômetros de vias exclusivas e passará a ter 22 quilômetros. Entre as avenidas e ruas dotadas com essas faixas estão Moraes Sales, Irmã Serafina, Anchieta, Senador Saraiva e Lix da Cunha. Algumas delas possuem ainda espaços preferenciais. O município tem também dois corredores por onde só circulam veículos do transporte coletivo: Amoreiras e João Jorge.

Os técnicos avaliam que a mudança irá ajudar 30 gargalos no trânsito, melhorando a velocidade média e o tempo para realizar percurso.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960