Em Porto Alegre, Corredor de ônibus da Borges deve reduzir tempo de viagens

domingo, 19 de julho de 2015

Obra que promete trazer mais fluidez ao trânsito no Centro de Porto Alegre, o corredor de ônibus da avenida Borges de Medeiros começou a funcionar neste sábado. Esta é mais uma etapa do projeto de criação do binário com a avenida Praia de Belas. No total, 30 linhas passarão pelo corredor, que vai do Viaduto dos Açorianos até o viaduto Dom Pedro I, beneficiando mais de 150 mil passageiros diariamente.
Foto: Fernanda Canofre/G1
A faixa específica para ônibus será sinalizada pela cor azul. Além da pintura, também foram instaladas no percurso faixas de segurança e cinco paradas, com iluminação, bancos e informações de linhas. A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) espera finalizar a colocação de informações sobre as linhas, tanto nas paradas do corredor da Borges de Medeiros quanto no da Praia de Belas, até a manhã de sábado.

Segundo Maria Cristina Ladeira, diretora-técnica da EPTC, o grande ganho da população com a criação do corredor é a redução nos tempos de viagem. Conforme levantamento da empresa, a criação, em março deste ano, do corredor da Praia de Belas, que também faz parte do projeto do binário, reduziu o tempo de deslocamento das linhas entre a avenida Icaraí e a Borges em até 31% no horário de pico da manhã e em 37% no da tarde.

"Foi uma vitória termos conseguido essa redução, pois mostra que o projeto é bem-sucedido. O usuário estará em um corredor exclusivo, precisará passar menos tempo no transporte coletivo, terá conforto na parada e espaço específico para o ônibus. É a demonstração da priorização do transporte público", aponta Maria Cristina.

No sentido bairro-Centro, no pico da manhã, o deslocamento, que era feito em 24 minutos, após a instalação do binário e do corredor de ônibus, passou para 16 minutos. No pico da tarde, o trajeto era realizado em 28 minutos e diminuiu, com as intervenções, para 17 minutos.

Por Isabella Sander
Informações: Jornal do Comércio

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960