Medidas tomadas pela Prefeitura de Curitiba aumentam segurança no transporte coletivo

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Além do maior uso do cartão transporte, o aumento da segurança no sistema de transporte coletivo de Curitiba também é resultado de uma série de medidas tomadas em conjunto entre Urbs, Secretaria da Mulher, Secretaria de Obras e Guarda Municipal. Entre elas está a Operação Presença, que vem intensificando a segurança em estações-tubo e terminais de ônibus.

A Operação Presença foi lançada em agosto de 2014. Neste ano já foram realizadas 12 edições, atingindo todas as regionais da cidade e beneficiando usuários e pessoas que trabalham em mais de 100 terminais e estações-tubo.

Cada estação, ou terminal de ônibus de Curitiba, previamente selecionados, serve como uma base para uma viatura e dois guardas municipais para que realizem rondas preventivas e garantam mais segurança aos usuários do sistema de transporte coletivo.

“Essa operação faz parte de um projeto maior, que reforça cada vez mais o papel da guarda cidadã, aproximando a corporação da população. Queremos que as pessoas possam utilizar os equipamentos públicos com segurança”, afirmou o diretor da Guarda Municipal de Curitiba, inspetor Cláudio Frederico de Carvalho.

Várias medidas anunciadas pela Prefeitura no início deste ano incluem obras, mudanças operacionais e orientações que abrangem aspectos da segurança. De acordo com o presidente da Urbs, empresa que gerencia o transporte urbano, Roberto Gregório da Silva Junior, as mudanças atendem uma das principais reivindicações dos usuários, assim como dos motoristas e cobradores.

MEDIDAS QUE AUMENTAM SEGURANÇA PARA USUÁRIOS DO TRANSPORTE COLETIVO

1 – Pontos mais iluminados

Para atender ao transporte coletivo, a Prefeitura antecipou uma das obras do programa Luz do Dia, com o propósito de aumentar significativamente a iluminação em Curitiba, especialmente nas áreas mais sensíveis em termos de segurança. As primeiras intervenções do programa ocorrerão nos pontos de ônibus. Nos próximos 12 meses, a Secretaria Municipal de Obras instalará iluminação especial, com tecnologia LED (Diodo Emissor de Luz), em 5 mil pontos de ônibus.

Paradas livres

A Urbs está reeditando uma determinação operacional para que após as 22 horas o passageiro possa descer em qualquer local, nas linhas que não têm desembarque em tubos. A orientação já existia, porém estava em desuso há mais de 20 anos.

Guarda mais presente

A Guarda Municipal, que já tem uma equipe dedicada ao transporte coletivo, realizará, além da ronda normal, abordagens em ônibus, estações-tubo e terminais.

Redução do dinheiro em circulação

O uso do cartão como forma de pagamento será estimulado para que o volume de dinheiro nos ônibus e estações diminua significativamente. O risco de assalto é uma das principais queixas do sindicato de motoristas e cobradores. Além disso, no caso de roubo ou extravio do cartão transporte tipo usuário, é possível recuperar os créditos.

Busão sem Abuso

A Prefeitura realizará novas rodadas da campanha Busão sem Abuso, iniciada no ano passado. A campanha educa sobre o respeito a mulheres dentro do transporte e informa os canais de denúncia de abusos. Logo que foi lançada, levou à prisão de dois molestadores.

Mais informação

A Prefeitura e a Urbs aumentarão a oferta de informações nos ônibus, tubos, terminais e pontos de ônibus, para que os passageiros tenham mais segurança sobre os trajetos corretos, horários e localização de serviços públicos.

Informações: Prefeitura de Curitiba

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960