Prefeitura divulga edital para obras de cinco corredores de ônibus em Goiânia

domingo, 10 de maio de 2015

A Prefeitura de Goiânia divulga edital de licitação para a contratação de empresa de engenharia para a execução das obras e serviços de implantação de cinco corredores preferenciais de ônibus. O aviso de concorrência foi publicado nesta sexta-feira, 08, na imprensa nacional e local.

O processo licitatório será para a execução das obras dos corredores preferenciais de ônibus T-9, 24 de Outubro, Independência, 85 e T-63. O edital pode ser retirado pelo site da Prefeitura de Goiânia a partir de 12 de maio. As empresas interessadas deverão apresentar documentos e proposta no dia 12 de junho, às 9 horas, na sede da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), na 1ª Avenida, n.º 486, setor Leste Universitário, Goiânia, onde serão abertos os envelopes.

Com a implantação destes cinco corredores, a Prefeitura de Goiânia tem como objetivo promover o uso democrático do espaço público com prioridade ao transporte coletivo, que atendem nestas vias cerca de 520 mil pessoas por dia. Estes projetos também vão requalificar totalmente o espaço urbano com recapeamentos, ciclovia, calçadas acessíveis, abrigos de ônibus, sinalização, semáforos, fiscalização eletrônica, iluminação e câmeras de segurança.

Ao total, serão seis faixas de ônibus, somando o projeto do corredor T-7 que está em andamento, com 46,5 quilômetros. Os investimentos são de R$ 145,3 milhões, oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – Pacto pela Mobilidade, do Governo Federal e Tesouro Municipal.

O prefeito Paulo Garcia afirma que, a partir da organização das vias, os cidadãos – sejam pedestres, ciclistas, usuários do transporte coletivo e motoristas de veículos – terão suas necessidades de circulação nas vias públicas contempladas com a instalação de nova sinalização, mobiliários urbanos e equipamentos de segurança e fiscalização.

Segundo ele, a administração municipal está realizando obras que vão dar fluidez ao transporte coletivo e organizar o trânsito, garantindo uma melhor mobilidade urbana para as próximas décadas.

Por Lourdes Souza, da editoria de Transporte - Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)

Informações: Governo de Goiás

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960