Metrô do DF terá rede pública de Wi-Fi a partir desta terça-feira

domingo, 19 de abril de 2015

O Metrô-DF inaugura, nesta terça-feira (21), às 17h, a rede pública de Wi-Fi para os usuários do serviço de transporte sobre trilhos. O sinal estará disponível, a princípio, nas estações Central, Galeria, Feira e Águas Claras. Mas a empresa já planeja estender às outras 20 estações, atendendo a um pedido constante dos usuários.

O acesso será gratuito e livre, sem necessidade de cadastramento. Basta localizar a rede GDF Sin@l Livre no smartphone ou tablet e conectar. A velocidade de navegação será equivalente a 1 megabyte (1 mbps). Cada estação contará, em média, com oito pontos de acesso nas plataformas e um na bilheteria. Esses pontos têm um raio de alcance de aproximadamente 40 metros, o que abrange toda a extensão das plataformas. Com essa estrutura será possível atender em média 800 usuários nas estações menores e até 1200 acessos simultâneos nas estações de maior movimento, como Central e Galeria.

O presidente do Metrô-DF, Marcelo Dourado, garante que ainda pretende implantar outras inovações.

— Com a modernização do sistema operacional, será possível acessar a localização em tempo real dos trens pelo aplicativo para smartphones e tablets. A licitação está em fase de elaboração e estimamos que, em dois, anos, a população de Brasília poderá ter um serviço de melhor qualidade.  

O sinal é uma extensão da rede GDF Sin@l Livre já disponibilizada na área central do Plano Piloto e foi ampliado para as quatro estações do Metrô-DF.

Aplicativo

Também será lançado o aplicativo do Metrô-DF para smartphones e tablets. Desenvolvido pela equipe técnica da Companhia, o app reunirá informações institucionais e dos serviços oferecidos ao cidadão, informações sobre os pontos turísticos da cidade e um roteiro de como utilizar o metrô para chegar ao destino com agilidade, entre outras informações. O objetivo é auxiliar as pessoas durante o deslocamento pelo transporte metroferroviário.

O usuário poderá simular o caminho mais rápido entre as estações de embarque e destino com o Simulador de Viagem. Por meio de um mapa, o usuário terá acesso a todas as linhas para facilitar a visualização dos trajetos, com informações em tempo real de como está a operação em cada linha. Endereços, mapas, horários de funcionamento das estações, tempo estimado para a viagem, valor das tarifas e condições operacionais são algumas das outras novidades que a população pode acessar pelo smartphone.

O app está disponível apenas em português, e em breve terá uma atualização para inglês e espanhol. O interessado poderá fazer o download do aplicativo nas lojas de apps para Android já a partir da terça-feira (21). Para o sistema iOS, o download poderá ser feito a partir de maio. 

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960