Tarifa de ônibus de Maceió é reajustada para R$ 2,75

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

O Conselho Municipal de Transporte de Maceió aprovou, em reunião na quarta-feira (28), o reajuste das tarifas de ônibus e taxi em Maceió. Com a decisão, a passagem de ônibus sobe 10%, passando de R$ 2,50 para R$ 2,75, e a tarifa de táxi sobe 8,83%, passando a bandeirada de R$ 4,00 para R$ 4,33. O percentual de reajuste aprovado foi mais baixo que em outras capitais, o que foi possível em decorrência de investimentos públicos no transporte municipal.

A Associação dos Transportadores dos Passageiros do Estado de Alagoas (Transpal) propôs o reajuste para R$ 2,83, o que foi rejeitado por 13 dos 15 membros do Conselho de Transporte. Apesar de levar em consideração as alegações apresentadas para o reajuste, como a inflação, o aumento do preço do combustível, dos salários e dos planos de saúde dos rodoviários, os conselheiros acataram a proposta da equipe técnica da SMTT, de R$ 2,75.


De acordo com o superintendente Municipal de Transporte e Trânsito, Tácio Melo, a Prefeitura de Maceió fez investimentos no setor, garantindo reajuste menor que em outras capitais nordestinas. “Em outras capitais, o aumento ficou entre 14% e 16%. Em Maceió, o reajuste aprovado será de 10%. Isso só foi possível porque desde 2013, trabalhamos para melhorar o serviço. Realizamos a reforma de terminais de ônibus, como o do Benedito Bentes e Mercado de Produção. Implantamos a Faixa Azul, que diminuiu o tempo entre as viagens e combatemos o transporte coletivo clandestino, retirando das ruas mais de mil irregulares”, destacou.

Tácio Melo explicou que a proposta foi baseada nas ações promovidas pela Prefeitura e nos resultados obtidos desde 2013. “Em 2006, a média de passageiros pagantes nos ônibus da capital era de 10 milhões de pessoas por mês. Esse número caiu, e em 2014, passou para 7 milhões, 4% a mais que no ano anterior, o que mostra que as ações de valorização e melhoria do transporte coletivo estão surtindo efeito”, disse Tácio Melo.

O subsídio técnico será enviado para o Poder Executivo, a quem compete avaliação e validação do reajuste.

Informações: Secom Maceió

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960