Novos ônibus para o transporte coletivo de Uberaba são apresentados

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Quinze novos ônibus, que integrarão a frota de transporte coletivo da cidade, foram apresentados na manhã de ontem (17), na Praça Pôr do Sol. O presidente da Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Uberaba (Transube), Rodrigo Oliveira, explicou que os veículos ainda devem demorar mais duas semanas para serem incorporados à frota.

“Por nossa vontade, iniciaria já na segunda-feira. Mas existe uma parte burocrática para cuidar, de documentação e alguns trâmites na questão de bilhetagem. Acreditamos que, em mais 10 ou 15 dias, já devem estar solucionados esses impasses, para colocarmos os veículos em operação. Pretendemos liberar essa frota antes dos dia 30. Entretanto, depende do desenrolar da documentação. Mas, o importante é que estão aqui, disponíveis dentro de pouco tempo”, comentou.

Oliveira ressalta que os ônibus atendem a todas as leis de meio ambiente. “São veículos convencionais, que substituem os veículos que já existem hoje. Esse é mais um investimento feito no sistema de transporte coletivo de Uberaba. São mais 15 veículos novos, que atendem a todas as leis de meio ambiente, ao Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores, e são completamente acessíveis, ou seja, veículos muito bons para a cidade”, analisou.

O presidente da Transube ainda enaltece a frota de veículos do transporte coletivo de Uberaba. “Nossa frota é uma das mais novas do país, com idade média de 2,5 anos. São 25 ônibus colocados em 2014, 15 esse ano e os 14 veículos do BRT. O restante dos ônibus é de 2010, ou seja, é uma frota muito nova”, acrescentou.

Questionado sobre o novo preço da tarifa de ônibus, Oliveira foi enfático. “A planilha de transporte é pública, é uma planilha geipot. O que você faz é inserir os preços dos insumos. Não diria que é uma planilha da prefeitura ou das empresas. O contrato prevê que tem que ser ajustada anualmente e reavaliada. Essa planilha demonstrou um número de R$ 3,12, isso em dezembro de 2014.

Hoje, se formos fazer a mesma planilha, simulamos com a inclusão desses 15 carros novos, mais alguns insumos, pois, de um ano para o outro, já houve reajustes, e hoje nosso preço seria R$ 3,19. O preço que será cobrado, de R$ 3,10, já estaria defasado. Mas, vamos trabalhar com esse número, não vamos deixar de fazer investimentos, ou dar qualidade e bom atendimento ao transporte; isso faz parte do nosso compromisso com o munícipio. Nós temos um contrato e temos que cumpri-lo”, concluiu. (DC)

Informações: Jornal de Uberaba

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960