Novos ônibus começam a circular em Teresina

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Já cameçaram a circular pelas vias públicas da cidade uma frota de 40 veículos, de um total de 60, adquiridos pelos consórcios detentores da concessão do transporte coletivo em Teresina. Atualmente, a frota que compõe o sistema de transporte público coletivo da capital conta com 470 veículos. A renovação atinge pouco mais de 10% do total.

Segundo o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de Teresina, os novos veículos, cumprem o que estabelece as regras impostas pela licitação ocorrida ainda em 2014 e são dotados de equipamentos de acessibilidade e inovações tecnológicas destinadas a proporcionar maior conforto e segurança. 

Os novos ônibus são maiores 1,2 metros, tendo 13,2 metros de cumprimento, o que representa um total de 16 passageiros transportados a mais do que os veículos disponibilizados na frota anterior. Na configuração entregue pelas empresas, há mais espaços para cadeirantes, bancos para obesos, e grande quantidade de botões de solicitação de parada.

Plataforma elevatória

Uma plataforma elevatória, para cadeiras de roda, e cinco portas – duas do lado do motorista, uma novidade – completam o conjunto de equipamentos instalados nos novos ônibus. As novas portas são destinadas ao embarque e desembarque dos passageiros nas estações de transbordo e terminais de integração, que deverão ser construídos pelo poder público. “Trata-se de ônibus acessíveis, amplamente sinalizados, mais confortáveis e seguros”, afirmou Herbert Miura.

Essa segurança alcança usuários, motoristas e cobradores. “Isso comprova que esses ônibus estão adequados às novas necessidades e exigências da comunidade, que pede mais qualidade no serviço”, afirmou Fábio Reis, gerente geral do Setut. Os novos veículos também são equipados com cortinas, mais saídas de emergência e lixeiras. E serão operados pelos consórcios Poty, Urbanus e Theresina, e pela empresa Transcol.

Os consórcios, integrados pelas 13 empresas associadas ao Setut, foram formados por ocasião da licitação realizada em 2014, e são os responsáveis pelo serviço nas quatro zonas da capital. O Consórcio Poty será o responsável na Zona Norte; o Urbanos, na Zona Leste, o Consórcio Theresina ficará responsável pelo transporte na Zona Sudeste; e a empresa Transcol, na Zona Sul da capital.

Idade da Frota

Faixas coloridas pintadas na carroceria dos ônibus agora passam a sinalizar as zonas nas quais esses veículos estão em operação. Aqueles com faixa verde circularam na Zona Norte; os que possuem uma barra vermelha operam na Zona Leste; os ônibus pintados com faixa azul circulam na Zona Sudeste; e os de faixa amarela já atendem a população que transita pelas vias públicas da Zona Sul de Teresina.

Com a entrada dos novos veículos, a frota, hoje composta por 450 ônibus, sofreu redução importante em sua idade média, de seis para cinco anos. Portanto, a frota teresinense passa a ser avaliada como uma das mais novas do Nordeste. “Vamos continuar investindo, adquirindo novos veículos, procurando tornar a nossa frota melhor e a mais nova possível, o que irá beneficiar a todos, sobretudo a comunidade”, finalizou Herbert Miura.

Informações: Capital Teresina

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960