Em Feira de Santana, Tarifa de ônibus passa a custar R$ R$ 2,70

domingo, 18 de janeiro de 2015

Os usuários do transporte coletivo da cidade de Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador, já começaram a pagar mais caro pela tarifa de ônibus. É que o reajuste de R$ 2,35 para R$ 2,70, definido pelo Conselho Municipal de Transportes, passa a valer a partir deste sábado (17). O decreto autorizando o aumento das passagens foi divulgado na sexta-feira (16) pela prefeitura da cidade, a segunda maior da Bahia.

O reajuste de 14,9% na tarifa local do transporte público foi aprovado na segunda-feira (12). O secretário municipal de Transportes e Trânsito, Ebenezer Tuy, afirmou que a decisão foi tomada pela maioria do Conselho - que tem representantes do poder público, empresários e sociedade civil -, sendo que o estudo de um nova previsão tarifária foi acordado com rodoviários no dia 24 de dezembro de 2013, após paralisação que afetou o transporte público durante três dias no município.

"Tivemos todo um cuidado para fazer o calculo tarifário e a taria em Feira, ao contrário do que aconteceu em várias capitais do Brasil, ficou 6% abaixo da inflação. É uma tarifa razoável e justa, que leva em consideração o aumento dos custos", afirmou o secretário, em entrevista ao G1.

Reajuste
Conforme Tuy, o aumento da tarifa em 2015 é justificado por dois motivos. O primeiro estaria relacionado à falta de aumento no valor da passagem há dois anos - em 2013 e 2014, não houve reajuste em Feira.

O secretário ainda lembra que, em 2013, ao contrário de outras cidades brasileiras, Feira reduziu a tarifa, que caiu de R$ 2,50 para R$ 2,35.

A primeira justificativa, segundo o secretário de Transporte, leva ao segundo motivo que explica o aumento na passagem. Segundo ele, as empresas alegaram desequilíbrio nas contas. Além disso, conforme o secretário, durante os dois últimos anos houve aumento de salário e acréscimo no valor combustível, lubrificantes e insumos.

De acordo com Ebenezer Tuy, o município de Feira de Santana tem frota de 224 veículos, que são administrados por duas empresas: Princesinha do Sertão e 18 de Setembro. O secretário municipal de Transportes informou, também, que ainda esse mes deve ser divulgado o edital para licitação do transporte coletivo da cidade.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960