Alstom avança na construção de sua nova linha de fabricação de VLTs no Brasil

domingo, 2 de novembro de 2014

A Alstom atingiu vários marcos importantes na construção da primeira linha de fabricação de VLTs na América Latina, que será inaugurada em Taubaté em 2015. Até o momento, a Alstom terminou a cobertura do prédio principal, onde os trens serão montados, e levantou as estruturas metálicas da área onde os produtos finais serão testados e aprovados. As pontes rolantes, essenciais para a produção dos VLTs, também já começaram a ser instaladas  na fábrica.  

“É uma recompensa e um desafio para nós termos avançado tanto com a construção em apenas cinco meses. Esses marcos superam nossas expectativas,” afirma Michel Boccaccio, Vice-Presidente Sênior da Alstom Transporte na América Latina.

A nova linha de Taubaté irá apoiar os projetos da Alstom no Brasil, além de exportar para a América Latina, e se beneficiará da expertise da Alstom em outras linhas de VLT, como Barcelona (Espanha) e La Rochelle (França). Uma vez operacional, a linha irá gerar cerca de 150 empregos diretos. A empresa já começou o treinamento profissional para futuros funcionários. A linha representa um investimento de cerca de 15 milhões de euros (50 milhões de reais).

Promovendo a mobilidade sustentável, a Alstom Transporte desenvolve e comercializa a mais completa gama de sistemas, equipamentos e serviços do setor ferroviário. A Alstom Transporte administra sistemas inteiros de transporte, incluindo material rodante, sinalização, manutenção, modernização e infraestrutura, além de oferecer soluções integradas. A Alstom Transporte registrou vendas de 5,9 bilhões de euros no ano fiscal 2013/14. Está presente em mais de 60 países e emprega cerca de 28.300 pessoas.

Informações: Alston

Leia também sobre:

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960