Câmara aprova projeto que obriga ônibus a ter GPS em Campinas

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

A Câmara de Campinas (SP) aprovou, na noite desta quarta-feira (27), em segunda discussão, o projeto de lei que obriga que as empresas de transporte público instalem GPS nos ônibus. No entanto, de acordo com a Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano (Transurc), todos os veículos da cidade já possuem o dispositivo.

Segundo a justificativa do projeto, que é de autoria do vereador Cidão Santos (PPS), a medida vai reduzir os atrasos dos ônibus e, consequentemente, diminuir a quantidade de usuários que ficam concentrados nos pontos aguardando a passagem dos coletivos.

Questionado sobre o fato dos ônibus já possuírem o dispositivo, o vereador Cidão Santos afirmou que tinha conhecimento que alguns já possuíam GPS, mas não sabia que eram todos. Além disso, ele ressaltou que no texto do projeto também consta a criação da central de monitoramento, o que valida a medida.


De acordo com o projeto votado nesta noite, as empresas terão 120 dias para se adequar à nova lei, caso contrário terão que pagar multa de 1000 ufics, que é a Unidade Fiscal da cidade. Atualmente, cada Ufic vale R$ R$ 2,6277.

De acordo com a Transurc, todos os ônibus possuem o dispositivo já que o item é obrigatório nos contratos de concessão do transporte público desde 2006, mas os equipamentos são usados apenas para controle interno das empresas porque a cidade ainda não possui uma central de monitoramento.

De acordo com a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), a implantação da central requer verificações técnicas que demandam muito tempo. Segundo o secretário de Transportes da cidade, Carlos José Barreiro, a central definitiva será implantada no início de 2015.

Informações: G1 Campinas e Região

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960