No Recife, Seis obras de mobilidade estão inacabadas a dois meses da Copa

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Seis das 19 obras de mobilidade para a Copa do Mundo em Pernambuco só devem entrar em operação no mês de maio, possivelmente, menos de um mês antes do início dos jogos. O balanço sobre o andamento das construções foi divulgado, nesta quarta (9), durante reunião para alinhamento de metas e planos entre os governos federal, estadual e municipal, além de parceiros envolvidos na operação do mundial. O encontro ocorre em um hotel na Zona Sul do Recife.

A 64 dias do início do mundial, a expectativa é grande em torno das obras ainda não concluídas: os corredores de ônibus Norte-Sul e Leste-Oeste, o Terminal Integrado Cosme e Damião, a Via Mangue, a passarela de ligação do metrô ao Aeroporto do Recife e o ramal externo da Cidade da Copa. A lista de obras de mobilidade para Copa conta com ainda com 13 itens já entregues e em operação

“A questão da mobilidade, que é a nossa principal preocupação, nosso principal sinal de alerta, na verdade, vem sendo monitorada desde a época da Copa das Confederações. Como nós prevíamos, algumas obras estão entrando em operação agora no mês de maio, a exemplo do BRT (corredores para ônibus)", afirmou o secretário-executivo da Copa em Pernambuco, Gilberto Pimentel.

O G1 circulou por parte das obras nesta quarta (9). Operários trabalhavam na passarela de acesso do Aeroporto do Recife ao metrô. Um grupo retirava entulhos da passarela na altura do terminal aéreo. Nas obras da Via Mangue, técnicos atuavam na ponte do corredor viário que, quando estiver pronto, promete dar mais fluidez ao trânsito da Zona Sul.
No final da Avenida Caxangá, Zona Oeste da capital, é possível ver uma das estações do BRT já pronta, mas ainda não há sinalização para a faixa que separa os coletivos dos demais veículos, uma das premissas para que os ônibus possam seguir mais rapidamente pela via. O Túnel da Abolição, que integra as obras do Corredor Leste-Oeste, já teve parte da estrutura coberta. Era possível ver escavadeiras trabalhando no local, na manhã desta quarta.

O Corredor Norte-Sul ainda espera a construção de estações e pistas exclusivas para coletivos. “O grande objetivo é que dia 22 de maio todas as obras de mobilidade entrem em fase operacional. Algumas já começaram a ser testadas, outras ainda vão entrar em teste. O foco nessa reta final é maior naquelas vias que convergem para os polos oficiais, como a Arena Pernambuco. Então nosso foco é basicamente nesses pontos, como o Corredor Leste-Oeste", apontou Pimentel. O primeiro jogo da Copa no Recife está previsto para 14 de junho. Japão e Costa do Marfim se enfrentam na Arena Pernambuco.

Últimos ajustes
A reunião no Recife ainda visa observar quais ajustes são necessários para o mundial. “Nós aqui no Recife estamos construindo sobre o sucesso da Copa das Confederações. Estamos analisando cada detalhe da operação da Copa do Mundo, sabendo que a Copa das Confederações foi um sucesso, mas tendo aqui novos desafios, porque temos uma presença maior de turistas estrangeiros do que na das Confederações", apontou o secretário-executivo do Ministério dos Esportes, Luís Fernandes.

Apesar dos atrasos de partes das obras de mobilidade, Fernandes afirma estar tranquilo para a realização do mundial em Pernambuco. "O principal problema que temos que atacar é a integração de todos os planos, porque temos vários planos sendo desenvolvidos, mas a operação é uma só e uma área influencia a outra. Por exemplo, mobilidade urbana conecta com aeroporto, que conecta com acomodação. O sucesso de uma área é essencial para o sucesso da outra", destacou o representante do governo federal.

Pimentel acrescentou que apenas pequenos ajustes devem ser feitos agora para a Copa, inclusive em áreas como a segurança. "A Copa das Confederações foi um grande aprendizado. Nós percebemos que era importante distribuir melhor o fluxo de torcedores. Então, neste ano não vamos ter o foco exclusivo no metrô, vamos ter outras opções, a exemplo do BRT via ramal externo da Cidade da Copa. Além disso, vamos ampliar os estacionamentos periféricos", afirmou.

A Arena Pernambuco vai ser entregue oficialmente à Fifa no dia 22 de maio, quando o estádio passa a ser gerenciado exclusivamente pela organização do mundial. A devolução deve acontecer em 4 de julho, após a realização dos cinco jogos previstos no estado.

Informações: G1 PE

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960