Monitoramento do transporte público de Goiânia será feito em tempo real

quinta-feira, 27 de março de 2014

A Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) vai acompanhar em tempo real as planilhas de viagem de ônibus na Grande Goiânia. Atualmente, as informações são repassadas pelas empresas concessionárias a cada três dias. A medida só deve entrar em vigor em 90 dias, conforme foi definido na reunião da Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC), na segunda-feira (25), que discutiu medidas para melhorar o serviço.

De acordo com o presidente da câmara deliberativa, João Balestra, as informações serão repassadas por meio de uma central de monitoramento, que será ligada diretamente ao sistema das empresas. “Na prática, significa que a CMTC vai ter condição de fiscalizar melhor o serviço”, explicou Balestra.

A companhia que regula o transporte público na Região Metropolitana admite que as empresas estão retirando ônibus das ruas e operando com uma frota menor do que o programado. “Não estamos hoje com o cumprimento da frota operacional programada no total. Então, várias linhas estão com deficiência de veículos”, afirmou a presidente da CMTC, Patrícia Veras.

Devido aos inúmeros protestos e reclamações de passageiros pela demora, superlotação e pouca quantidade dos ônibus, não entrou na pauta da reunião um possível reajuste do valor da passagem. “Demora e atrasa, então o ônibus sai cheio. Tem que ter mais ônibus”, reclama a aposentada Maria das Dores.

Dos 11 membros da câmara deliberativa, dez compareceram ao primeiro encontro do ano, no Paço Municipal. O único que não participou foi o prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB).

Informações: G1 GO, com informações da TV Anhanguera

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960