Rodoviários prometem paralisação para Belo Horizonte e parte da RMBH

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Os rodoviários de Belo Horizonte, em estado de greve desde a última quinta-feira, prometem começar paralisação a partir de segunda-feira na capital e parte da região metropolitana. De acordo com o diretor de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte (STTRBH), Carlos Henrique Marcos, representantes do sindicato vão se reunir durante a madrugada de segunda-feira e definir onde serão feitas as paralisações.
De acordo com ele, podem ser paralisadas garagens, estações, corredores viários ou paralisações por regiões, mas o diretor não adiantou os locais onde serão feitas as intervenções. De acordo com ele, a região metropolitana também pode ter paralisações, com exceção de Brumadinho, Contagem e Betim, onde segundo o diretor de comunicação não há representação do sindicato.  
Os representantes exigem reajuste salarial de 16,5% mais a inflação mensal e o INPC, jornada diária de  6 horas, fim da dupla função para motoristas e da circulação de veículos sem cobrador.
Ao todo, segundo ele são 26 mil funcionários atuando na capital, entre motoristas e cobradores. A base salarial para motoristas é de R$ 1.258 e para cobradores é de R$ 629.  

Fonte: O Tempo

Share |

1 comentários:

Rafael Leopoldo disse...

Depois da parada dos motoristas vêm o manifesto dos usuários destes mesmos ônibus, primeiro contra Kafka e segundo contra o valor nonsense das passagens.

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960