Em SP, Novo aplicativo permite carga de Bilhete Único pelo celular

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Parceria com empresa Zuum permite a compra de créditos para recarga nas máquinas de autoatendimento.

Uma parceria entre a SPTrans e a Zuum Vivo Mastercard permite, desde 1º de dezembro,  a recarga do Bilhete Único na capital paulista, de qualquer lugar, sem filas, e com mais agilidade e segurança. 

Para fazer a recarga, o usuário deverá baixar o aplicativo da Zuum e criar uma conta corrente no serviço da empresa. Posteriormente, ele poderá usar o dinheiro disponível nesta conta para comprar créditos no seu Bilhete Único, informando o número do seu cartão. Cada compra de crédito deve ser de, pelo menos, uma tarifa de ônibus, ou R$ 3,50.

Após o passageiro realizar a transferência da sua conta da Zuum para a do Bilhete Único, a recarga estará disponível nas máquinas de autoatendimento em até cinco minutos.

“Esta é mais uma ferramenta de grande importância para facilitar o acesso dos usuários ao transporte coletivo feito por ônibus, a parceria também contribui para a própria segurança porque diminuirá, ainda mais, o uso do dinheiro no sistema”, afirma o secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto.  

Além de facilitar a vida dos usuários do transporte público, a novidade trará mais segurança ao sistema de ônibus, diminuindo ainda mais a circulação de dinheiro em espécie nos coletivos. Atualmente, apenas 6% das passagens ainda são pagas em moeda corrente.

A conta corrente da Zuum pode ser recarregada em 5 mil pontos comerciais distribuídos por São Paulo. Com o novo procedimento, o usuário não precisará ter uma conta corrente em banco ou pagar um boleto para conseguir comprar créditos de transporte pela internet.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960