Mais de 2.500 motoristas foram multados por inavadir faixa azul de ônibus no Recife

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

O recifense vai ter que esperar mais do que o combinado para ver a cidade receber novos corredores de Faixa Azul, como foi batizado o Bus Rapid Service (BRS) da capital pernambucana. A previsão é que uma nova faixa exclusiva para os ônibus seja implantada somente em janeiro de 2015. O atraso no cronograma criado pela Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) se deve à instalação dos equipamentos de fiscalização eletrônica para flagrar os motoristas que invadem o espaço dos coletivos, que começará somente no fim de dezembro. Hoje, o Recife possui 21,4 quilômetros de Faixas Azuis em três corredores. O prometido pela prefeitura eram 50 quilômetros.


Avenidas como Conselheiro Aguiar, em Boa Viagem e no Pina, e Recife, ambas na Zonal Sul da capital, já deveriam ter faixas exclusivas há alguns meses, mas a implantação foi adiada. E a Avenida Recife é a única que, atualmente, tem previsão: segunda quinzena de janeiro de 2015. A adequação da Avenida Conselheiro Aguiar depende da conclusão das obras da pista leste da Via Mangue, corredor expresso da Zona Sul que está com as obras paradas por falta de recursos da Prefeitura do Recife. “Definimos que só iríamos implantar novos corredores de Faixa Azul quando estivéssemos com as câmeras da fiscalização eletrônica prontas para instalação. Tomamos essa decisão porque as invasões de veículos particulares têm sido frequentes e não conseguimos garantir a fiscalização apenas com os agentes de trânsito”, justifica a presidente da CTTU, Taciana Ferreira.

De janeiro até a primeira quinzena de outubro, a CTTU computou 2.650 invasões às Faixas Azuis, um número considerado alto, principalmente porque os registros têm sido feitos pelos agentes. “Tivemos alguns contratempos comuns ao processo de licitação pública, mas finalmente conseguimos homologá-la e estaremos assinando a ordem de serviço ainda esta semana. A empresa precisará de 30 dias para apresentar detalhes da implantação e, por isso, acreditamos que em dezembro conseguiremos estar instalando as câmeras nos corredores”, explica Taciana Ferreira.

O primeiro corredor de BRS recifense a receber a fiscalização eletrônica será a Mascarenhas de Morais, em seus 14 quilômetros (7 em cada sentido), onde há mais registro de desrespeito. Em seguida, será a vez da Faixa Azul das Avenidas Herculano Bandeira e Domingos Ferreira, posteriormente a Rua Cosme Viana, em Afogados, o primeiro BRS do Recife.

Informações: JC Online

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960