Florianopolitano aprova valor das passagens de ônibus em 2014

sábado, 27 de setembro de 2014

Da metade do ano pra cá, o preço para embarcar em ônibus urbanos da cidade de Florianópolis, capital de Santa Catarina, vem agradando a população. A redução de pelo menos 15 centavos proposta em junho deste ano, foi aprovada por aqueles que dependem do transporte para trabalhar. 

Quem paga as passagens de ônibus com dinheiro deixou de desembolsar R$ 2,90 para pagar a quantia de R$ 2,75. Já a tarifa cobrada no cartão, está sendo comercializada por R$ 2,70, ou seja, 12 centavos a menos do que o valor praticado. Além da diminuição na tarifa do transporte coletivo de Florianópolis, a prefeitura da cidade deu início a dois importantes benefícios no setor, recadastrando a Tarifa Social e abrindo o cadastro do Passe Livre. Os dois programas direcionados a passageiros de baixa renda, reduzem o preço pago para viajar em coletivos urbanos da capital.

Tarifa Social
A Tarifa Social é destinada a famílias carentes que comprovem renda de até três salários mínimos, reduzindo o valor das passagens para o preço fixo de R$ 1,66 aos ingressos que reservarem as passagens rodoviárias por meio do cartão. No dinheiro, a tarifa rodoviária também fica mais barata, chegando a ser cobrada no valor de R$ 1,95.  O beneficio é válido para as viagens através das linhas do Maciço do Morro da Cruz e com a reativação passou a valer para toda a cidade. Para se cadastrar é preciso apresentar na Passarela Nego Quirido, no Centro da Capital, ou na Secretaria de Assistência Social e Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), a carteira de identidade, o CPF, comprovante de residência, carteira de trabalho, título de eleitor e principalmente, comprovante de renda.

Passe Livre
É o beneficio que garante as viagens de ônibus gratuitas para famílias carentes que tenham estudantes com inscrição no cadastro municipal de assistência social. Para garantir o passe livre é preciso apresentar nos órgãos competentes, a certidão de nascimento ou carteira de identidade, atestado de frequência escolar atualizado, comprovante de residência, e comprovante de renda ou carteira de trabalho.

Informações: Preço de Passagem

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960