Multinacional lança ‘Google transit’ para ajudar usuários de transporte coletivo de Manaus

segunda-feira, 21 de abril de 2014

A partir desta quarta-feira (16) os usuários do transporte público em Manaus poderão contar com uma ferramenta estratégica do Google que oferece informações sobre o sistema de acordo com a localização e destino do usuário.

Segundo o diretor de novos negócios do Google Brasil, Alessandro Germano, o “google transit” funciona junto ao aplicativo “google maps” e para utilizar basta inserir o local de saída e o destino para que, além dos trajetos sugeridos de carro e a pé, as opções de itinerários dos ônibus também apareçam na tela de quem estiver fazendo a consulta no aplicativo, desenvolvido pensando também nos turistas que virão a Manaus para assistir os jogos da Copa do Mundo de Futebol, em junho.

De acordo com Alessandro Germano, em Manaus o google transit vai disponibilizar informações sobre 2.550 mil pontos e 224 rotas de ônibus da cidade. Além de Manaus a ferramenta também será lançada em mais cinco cidades: Brasília, Cuiabá, Recife, Natal e Salvador, todas sedes de jogos da Copa do Mundo. “Com esses lançamentos, o google transit estará disponível em todas as 12 cidades brasileiras que irão sediar jogos da Copa do Mundo”, acrescentou Alessandro Germano.

A ferramenta estava presente anteriormente em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre e Fortaleza, onde foram instalados há algum tempo.

Locomoção

Para Alessandro Germano a ferramenta vai ajudar na locomoção dos manauaras, mas também dos turistas que irão visitar a cidade durante o evento. “Os turistas vão encontrar a melhor maneira para chegar aos estádios usando transporte público ou para visitar outros lugares de interesse”, acrescentou o diretor de novos negócios.

O diretor de negócios do Google explica ainda que todas as informações são baseadas numa tabela de horários fornecida pelos órgãos de transporte público da cidade, mas também no trabalho da empresa que buscou catalogar o maior número de dados sobre os pontos de ônibus e os horários. A ferramenta google transit não prevê integração em tempo real, como possíveis atrasos provocados por um acidente de trânsito ou um temporal, eventos que poderão atrapalhar o cumprimento dos horários dos ônibus.

Como diferenciais da ferramenta, o diretor de negócios, Alessandro Germano destaca a facilidade de uso e a qualidade das informações, pois como funciona numa grande variedade de plataformas o usuário não precisa baixar um novo aplicativo para utilizar o google transit.

Outra vantagem de acordo com Alessandro Germano é que as pessoas podem reportar possíveis necessidades de correção na própria plataforma, além disso os turistas que buscarem informação vão poder encontrar no próprio idioma.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960