Florianópolis e Joinville terão recurso federal para expandir transporte coletivo

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Florianópolis e Joinville ficaram entre as 26 cidades selecionadas para segunda etapa do Pacto da Mobilidade Urbana. Os dois municípios têm 30 dias para apresentar ao governo federal os projetos que serão contemplados. As prioridades são obras de transporte coletivo, como corredores de ônibus, ciclovias e veículos leves sobre pneus (BRTs) e trilhos (VLTs).

O anúncio foi feito para prefeitos e governadores, em Brasília nesta quarta-feira, pelos ministros Miriam Belchior (Planejamento) e Gilberto Occhi (Cidades). A segunda fase do programa contempla municípios com população entre 400 e 700 mil habitantes e deverá liberar cerca de R$ 21 bilhões. 

Os prefeitos devem retornar a Brasília na primeira semana de maio com os projetos definidos. Os estudos serão analisados por técnicos do governo federal, a fim de enquadrar as propostas dentro do programa de mobilidade urbana. 

Em Joinville, a principal obra que a prefeitura tem o interesse de realizar é a construção do monotrilho interligando o sul ao norte da cidade, empreendimento com valor previsto de R$ 600 milhões. Já a relação de prioridade de Florianópolis contempla 61 de obras, com custo estimado de R$ 753 milhões. Boa parte do valor dever ser usada na Beira-Mar Continental e na extensão da avenida até a BR-101.

Por Rodrigo Saccone
Informações: Diário Catarinense

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960