Prefeitura autoriza aumento na passagem de ônibus em Joinville

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

A Prefeitura de Joinville autorizou na manhã desta quinta-feira (29) o reajuste da tarifa do transporte coletivo. No entanto, deixou a aplicação do aumento sob escolha das empresas que operam os ônibus na cidade.

As empresas devem se manifestar ainda nesta quinta sobre a decisão da prefeitura. Pelo anunciado nesta manhã,  a passagem antecipada – comprada fora do ônibus – passa de R$ 4,40 a R$ 4,50. Já a passagem embarcada - comprada na hora - deve passar de R$ 4,80 para R$ 4,90.

A autorização da prefeitura sobre o aumento atende a decisão do Tribunal de Justiça de que o reajuste no valor da passagem acompanhe a planilha de custos das empresas concessionárias.  Desde 2015, há decisão determinando o aumento da passagem conforme a planilha, uma forma de evitar a defasagem registrada em anos anteriores. No entanto, no último reajuste, autorizado no final de 2018 e em vigor em 2019, o índice ficou abaixo da planilha.
   
Informações: NSC Total



Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página

READ MORE - Prefeitura autoriza aumento na passagem de ônibus em Joinville

Em SP, Embarque de bicicletas nos trens triplica em 10 anos​

Na última década, a CPTM registrou um aumento no número de bicicletas transportadas em seus trens. De janeiro a julho de 2009 foram 13.198 embarques nas composições, e no mesmo período deste ano os números saltaram para 57.083. As linhas 9-Esmeralda, com 17.025 embarques, e 10-Turquesa, com 14.991, lideram o ranking.

Além da popularização do uso das bikes como meio de transporte, outro motivo para atrair os ciclistas para o sistema foi a liberação nos trens durante a semana após as 20h30 a partir de agosto de 2015. 

Confira o ranking das linhas que mais receberam bicicletas no 1º semestre deste ano.

Desde 2007, a medida é válida aos finais de semana, a partir das 14h de sábado até o encerramento da operação no domingo, e aos feriados durante todo o dia. A CPTM permite 4 bicicletas por viagem, embarcadas no último carro de cada trem. As regras de uso e regulamento estão disponíveis no site cptm.sp.gov.br.  
   
Informações: CPTM


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Em SP, Embarque de bicicletas nos trens triplica em 10 anos​

Em SP, Linha 8545/10 Penteado – Metrô Barra Funda terá itinerário alterado a partir deste sábado

A SPTrans informa que a linha 8545/10 Penteado – Metrô Barra Funda terá seu itinerário alterado a partir deste sábado, 31 de agosto, para garantir a fluidez dos ônibus.

Confira o novo itinerário: 

8545/10 Penteado – Metrô Barra Funda
Ida: Av. Humberto Gomes Maia, R. João Izidori, Estr. Lazaro Amâncio de Barros, R. Pirajibe, prosseguindo normal.
Volta: normal até a Av. Pe. Orlando García da Silveira, Av. João Paulo I, R. Luis José Junqueira Freire, Av. José da Natividade Saldanha, R. Paulo Garcia Aquiline, R. Ruiva, R. Joaquim Ferreira da Rocha, R. Pirajibe, prosseguindo normal.

Para informações sobre itinerários, ligue 156.             

Informações: SPTrans


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Em SP, Linha 8545/10 Penteado – Metrô Barra Funda terá itinerário alterado a partir deste sábado

Campanha do Agasalho 2019 da Trensurb arrecada 7,5 toneladas de donativos arrecadados

A Campanha do Agasalho 2019 da Trensurb foi concluída na última semana contabilizando 7,5 toneladas de donativos arrecadados. As caixas de coleta estiveram disponíveis desde 17 de maio em oito estações localizadas nos seis municípios atendidos pelo metrô – além de uma na sede administrativa da empresa. A exemplo da edição passada, a campanha foi promovida em conjunto com as prefeituras desses municípios, que se responsabilizaram pela coleta, triagem e encaminhamento dos donativos recolhidos nas estações. Realizada anualmente desde 1994, a Campanha do Agasalho da Trensurb já arrecadou e distribuiu mais de 400 toneladas de agasalhos.

“Essa é uma das ações sociais da empresa que já tem uma tradição e é respeitada pela comunidade, que confia que suas doações chegarão àqueles que realmente precisam. A solidariedade dos usuários somada à parceria com as prefeituras tem sido fundamental para o sucesso da campanha”, afirma o gerente de Comunicação Integrada da Trensurb, Jânio Ayres. “Para o sucesso desse projeto, só unindo esforços. Obrigado, portanto, a todos que fizeram a campanha acontecer este ano”, completa.

“Colaboradores como a Trensurb facilitaram à população para fazer suas doações sem ter a necessidade de procurar um ponto de coleta”, afirma, sobre a parceria entre Prefeitura de Porto Alegre e Trensurb, a secretária municipal de Desenvolvimento Social e Esporte, Nádia Gerhard. “Queremos tê-los ao nosso lado novamente para o ano que vem. Muito obrigada a todos os colaboradores e à direção da Trensurb pela parceria e pela conscientização do seu papel social. Não é à toa que essa empresa possui tanta credibilidade”, declarou a secretária.

Supervisor do departamento de ação social da Secretaria Municipal de Cidadania, Trabalho e Empreendedorismo de Esteio, Israel Antônio da Silva relata que “a Prefeitura, junto com a Trensurb, conseguiu arrecadar este ano cerca de 20 mil agasalhos, recebidos através do posto de coleta existente na estação. O material recebido foi distribuído entre as famílias de baixa renda do município de Esteio, fazendo o inverno delas mais quente, através da Loja Social Móvel”. O supervisor declarou ainda que “a Prefeitura Municipal de Esteio agradece e renova os votos de parceria para que em 2020 nossa campanha tenha muito mais sucesso”.
   
Informações: Trensurb


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Campanha do Agasalho 2019 da Trensurb arrecada 7,5 toneladas de donativos arrecadados

Metrô do Recife registra sua 73ª ocorrência de quebra em 2019

A paralisação no sistema metroviário no Grande Recife, na última segunda-feira (26) e que afetou a linha centro do metrô, foi a 73ª ocorrida somente este ano segundo  a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), que administra o Metrô do Recife. O número de interrupções, de acordo com a CBTU, representa 0,80% de um total de aproximadamente 91 mil viagens que aconteceram de janeiro até última semana de agosto. Os problemas têm revoltado os passageiros que utilizam o serviço, que sofre com o sucateamento e a escassez de verbas.

Entre as 73 paradas, três resultaram em paralisações mais longas. A mais duradoura parou a linha Centro do metrô por quatro dias em julho passado. Entretanto não há uma estimativa de quantas viagens deixaram de ser feitas em dias de suspensão do serviço. A última interrupção ocorreu por causa de um curto circuito que danificou o cabo de transmissão na Linha Centro, prejudicando principalmente o ramal Camaragibe. Há suspeita de que tenha sido uma ação de vandalismo - uma rede de pesca, segundo a CBTU, foi jogada em cima de um trem e se enroscou no pantógrafo, equipamento que liga o veículo à rede aérea. 

De acordo com o superintendente da Companhia Brasileira de Trens Urbanos, Leonardo Villar, os serviços de manutenção estão sendo feitos dentro das limitações financeiras. “Estamos procurando trabalhar para minimizar estas estatísticas e fazer um comparativo com outras”, afirmou Villar, que também disse buscar alternativas para detectar os problemas antes que eles aconteçam. 

O superintendente informou que há um déficit de R$ 250 milhões nas contas da companhia. Segundo ele, cerca de R$ 7 milhões por ano são gastos com a manutenção do serviço. No orçamento anual, estava prevista a concessão de R$ 98 milhões, valor considerado baixo pela Companhia; entretanto, devido à contingenciamentos realizado por parte do Governo Federal, somente R$ 54 milhões foram liberados no início do ano, o que, de acordo com a CBTU, garantia o funcionamento até o mês de junho. De acordo com Villar, o restante do orçamento está sendo concedido de forma fracionada, em parcelas mensais de R$ 8 milhões. 

Nos dias de paralisação, e também no dia a dia, os usuários do transporte público metroviário enfrentam uma série de transtornos e reclamam constantemente dos serviços. “Ontem (terça) cheguei de 9h27 no trabalho para quem deveria pegar de 8h; isso é horrível.”, afirmou a atendente de caixa Adriana Luísa, 44. “Nós estamos sofrendo muito, o metrô quebrando sempre, quente, falta ar condicionado e temos problemas de segurança. Todos os dias nos dão uma desculpa diferente”, disse a operadora de caixa, que também falou sobre os aumentos na tarifa: “Se tivéssemos melhorias no serviço, os aumentos seriam justificados”.

Viajando diariamente de metrô da estação Jaboatão para a Central, no Recife, a técnica contábil Elisângela Oliveira, afirma que, “nos últimos meses, o sistema tem ido de mau a pior”. “Já tive dinheiro descontado no meu salário por conta de horas que perdi no transporte público. Fora o transtorno que temos com tumultos, violência e falta de estrutura”, disse.

O metrô do Recife foi inaugurado há 34 anos e atende aproximadamente 338 mil pessoas por dia. Cerca de 22 trens fazem em torno de 500 viagens por dia. No próximo dia 8 de setembro, a tarifa do metrô sofrerá reajuste de R$ 0,40, passando a custar R$ 3.

Informações: Folha de Pernambuco


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Metrô do Recife registra sua 73ª ocorrência de quebra em 2019

Prefeitura de Campinas lança nova licitação do transporte

Após três anos do anúncio de uma nova licitação para o transporte coletivo de Campinas (SP), a prefeitura publicou, nesta segunda-feira (26), o aviso da concorrência para a concessão do serviço.

Segundo o TCE, as empresas não poderiam ter passado pelo sistema de avaliações técnicas dentro da licitação de preços.

Melhorias

Entre as melhorias previstas, segundo promessas feitas à época pela Prefeitura, estão adaptações para atender aos deficientes, disponibilização de Wi-Fi e metade da frota com ar-condicionado. Veja as principais mudanças previstas em audiência em março de 2018.

Criação de 06 (seis) Áreas de Operação Preferencial com maior equilíbrio entre si, em número de linhas, frotas e passageiros

Melhoria na utilização da Área Operacional Central, para o atendimento comum a todas as áreas operacionais

Melhoria da utilização da infraestrutura existente (terminais e estações de transferência)

Redução da sobreposição de linhas objetivando um sistema mais compacto e eficiente; Estabelecimento de pelo menos um Eixo Estrutural do Transporte Coletivo em cada Área de Operação Preferencial

Criação do conceito da Área Branca, polígono na região central onde somente circularão veículos do transporte coletivo público não poluentes

Criação da Rede Estrutural, ligando os eixos de transporte com a Área Branca, utilizando veículos não poluidores

Criação de novos atendimentos a demandas represadas e já identificadas dos usuários

Criação de novas opções de deslocamentos perimetrais melhorando o desempenho das linhas radiais

Melhoria na alocação dos tipos de veículos em função das características operacionais de cada linha

Estabelecimento de velocidade máxima limitada ao perfil da via, em sua maioria 50 km/h, no Sistema de Eixos Estruturais do Transporte

Ampliação da rede noturna com a adoção de linhas com o conceito de serviço 24 horas

Requalificação dos veículos da frota, incorporando itens que promovam a qualificação tecnológica, trazendo mais conforto, segurança e comodidade aos passageiros e motoristas. Dentre esses itens estão

Os veículos deverão ser equipados com Wi-Fi, CFTV, AVL, interface de comunicação com o motorista, e preparados para instalação de painéis eletrônicos de comunicação externa, comunicação por áudio sobre a próxima parada e Painel de Mensagem Variável – PMV;

Veículos acessíveis em 100% da frota.

A concorrência

De acordo com a concorrência publicada nesta segunda, o objetivo é a exploração do serviço dividida nas áreas de transporte coletivo convencional, seletivo, programa de acessibilidade e corredores do BRT (Ônibus de Trânsito Rápido) .

A entrega dos envelopes da concorrência está prevista para o dia 16 de outubro de 2019, às 8h30. A abertura ocorre 30 minutos depois.

O edital com as informações da licitação estará disponível a partir da quinta-feira (29) no site da prefeitura. Outras informações podem ser obtidas nos telefones (19) 3772-4018 e 2116-0783.

Informações: G1 Campinas


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Prefeitura de Campinas lança nova licitação do transporte

Manaus recebe novos ônibus climatizados

Os novos ônibus articulados já estão rodando em Manaus e atendem, principalmente, usuários das zonas Norte e Leste da capital. A população aprovou, mas ainda reclama dos demais veículos em péssimas condições.

No início dos mês, os coletivos estavam circulando pela cidade em fase de testes. Poucos usuários do sistema de transporte coletivo de Manaus têm razões para pagar feliz a tarifa de R$ 3,80.

Estrutura do ônibus

O modelo Marcopolo Viale BRT, da marca Volvo B340M, possui 21 metros de comprimento, são confortáveis, têm ar-condicionado, são monitorados por quatro câmeras de segurança e transportam até 180 passageiros sentados. O mesmo modelo é usado na cidade do Rio de Janeiro.

A empresa Eucatur pretende entregar mais 18 ônibus do modelo para substituição dos coletivos antigos, que não agradam aos passageiros, mas a ação ainda está em andamento.

Falta mais

Moradores de todas as zonas da cidade reclamam da estrutura dos ônibus, pois os serviços prestados pelas empresas de transporte coletivo na capital não agradam. Embora haja a solução dos novos articulados, algumas áreas da cidade não podem usufruir do serviço da linha, pois circulam pelas zonas Leste e Norte até o bairro Centro, Zona Sul da cidade.

O calor no interior dos veículos é apenas uma das reclamações, o que torna a viagem mais cansativa. Outro fator é a demora, os horários da circulação dos veículos contribuem para a lotação e a procura por alternativas. Afim de tornar a viagem mais rápida, os passageiros optam pelos coletivos que transitam na faixa azul, localizadas nas principais vias da cidade.

Outra insatisfação dos passageiros são os “ônibus no prego”. O usuário precisa descer do veículo e esperar na via que outro ônibus faça o mesmo trajeto. Além do constrangimento, quem paga pela fatura atrasa os compromissos e corre riscos com os assaltos nos coletivos. 

Apesar dos dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), mostrando a redução de 12,5% nas ocorrências de

roubos em coletivos em Manaus, no primeiro semestre de 2019, os usuários enfrentam diariamente o medo da ação de assaltantes no interior dos veículos.

O Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) informa que a meta é aumentar, até setembro de 2019, o número de ônibus deste modelo.

Informações: Em Tempo

Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Manaus recebe novos ônibus climatizados

Em Curitiba, Avenida Getúlio Vargas ganha nova estação-tubo, a Rebouças - Templo Maior

A estação-tubo Rebouças - Templo Maior começou a operar na tarde desta segunda-feira (26/8). O novo ponto do sistema de transporte coletivo de Curitiba fica na Avenida Presidente Getúlio Vargas, entre as ruas João Negrão e Conselheiro Laurindo.

O prefeito Rafael Greca foi vistoriar o início do funcionamento do equipamento público e enalteceu a parceria firmada com a igreja Universal do Reino de Deus para a revitalização da avenida. “Celebramos o final da esplêndida obra da Getúlio Vargas, que foi requalificada. É uma rua para todos os curitibanos chamarem de sua e que agora também ganhou uma nova estação-tubo”, disse Greca.  

A estrutura integra o conjunto de obras de revitalização da avenida, que é fruto de medida compensatória gerada pelo impacto da construção do novo templo da Universal do Reino de Deus na região. Foram comtemplados cerca de 650 metros da via, no trecho entre a Avenida Marechal Floriano Peixoto e a Rua Conselheiro Laurindo, no Rebouças. 

A Getúlio Vargas ganhou calçadas mais amplas e acessíveis e sistema de iluminação direcionado aos pedestres. O canteiro central foi retirado e os postes foram relocados para permitir a futura implantação de uma faixa exclusiva ao transporte público.

O custo da obra executada como medida mitigadora da construção do templo construído na quadra das ruas Engenheiros Rebouças, João Negrão, Piquiri e Getúlio Vargas foi de R$ 10 milhões. 

A nova estação-tubo será parada de cinco linhas: X35 Pinheirinho/Prefeitura, X36 Guadalupe Fazendinha, 507 Sítio Cercado, 700 Pinheirinho/Cabral e 702 Caiuá/Cachoeira. 

A vistoria do prefeito foi acompanhada pelo secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues, pelo presidente da Urbanização de Curitiba S.A. (Urbs), empresa responsável pela gestão do sistema de transporte coletivo da cidade, Ogeny Pedro Maia Neto, pelo bispo da igreja Universal do Reino de Deus Alexandre Mendes, pelo deputado federal Aroldo Martins e pelo vereador Osias Moraes.

Informações: URBS

Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Em Curitiba, Avenida Getúlio Vargas ganha nova estação-tubo, a Rebouças - Templo Maior

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960