Tempo de utilização do Bilhete Único Carioca diminui após decisão judicial

segunda-feira, 15 de julho de 2019

Uma decisão da Justiça fez com que voltasse a diminuir o tempo de duração para se pegar duas conduções pagando uma só passagem pelo Bilhete Único Carioca. O intervalo permitido voltou a ser de duas horas e meia.

A liminar que diminuiu o prazo atendeu a um pedido do Sindicato das Empresas de Ônibus do Rio (Rio Ônibus). A integração vale entre dois ônibus municipais, com BRT, VLT ou van.

Em maio, uma lei tinha ampliado o prazo para três horas. O projeto de lei com a proposta do aumento foi aprovado em plenário, mas vetado pelo prefeito Marcelo Crivella. Só que o veto foi derrubado pelos vereadores.

Assim, a lei entrou em vigor e passou a valer o tempo de transbordo com mais meia hora. A proposta de mudança foi motivada pelas más condições do trânsito na cidade.

Nos pontos de ônibus do Rio, passageiros desaprovaram a diminuição. “A gente leva muito tempo, com obras, com trânsito ruim”, destacou uma mulher.

O que dizem os citados
A Secretaria Municipal de Transportes informou neste sábado (13) que o Rio Ônibus já oficiou a Riocard e a Fetranspor para realizarem a alteração dos sistemas de validadores.

O Rio Ônibus disse que a nova regra já está valendo na pratica. Além do ônibus, o sistema do Bilhete Único é integrado também ao VLT.

Informações: G1 Rio



Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960