Em SP, Frota de vans do Serviço Atende+ ganha veículos novos

sexta-feira, 29 de março de 2019

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e os secretários Edson Caram (Mobilidade e Transportes) e Cid Torquato (Pessoa com Deficiência), além do presidente da SPTrans, Paulo Cézar Shingai,  e da vice-presidente voluntário do Conselho de Administração da AACD, Regina Scripilliti Velloso, visitam nesta quarta-feira (27) a AACD Lar Escola na Zona Sul. Na ocasião, serão entregues mais três vans novas para o Atende+.

O Serviço Atende+ registra ampliação no número de atendimentos desde 2016, passando de 8.733 naquele ano para 9.059 em 2018. O número de veículos que compõem a frota do serviço também aumentou de 388 em 2016 para 440 no ano passado. Há, atualmente, 450 unidades cadastradas no sistema. Os veículos novos incorporados à frota, atualmente, são equipados com ar-condicionado.

Além disso, a SPTrans desenvolveu uma nova configuração para os veículos do Atende+.  A versão anterior atendia exclusivamente às pessoas com deficiência física severa. Os novos modelos possibilitam transportar, além das pessoas com deficiência física e comprometimento severo da mobilidade, autistas e surdocegos.

O novo modelo “combinado” possibilita o melhor aproveitamento do veículo, contribui para a melhoria da logística de atendimento e oferece maior conforto e segurança aos usuários e seus acompanhantes.

Estes veículos contam com plataforma elevatória para embarque, bancos para obesos, local para transporte de cadeira de rodas, cinto de quatro pontos para melhor sustentação e segurança aos usuários autistas e são equipados com ar-condicionado.

AACD

Diversas pessoas atendidas pela AACD utilizam o Serviço Atende+ para realizarem seus deslocamentos até a entidade.  Atualmente, o Atende+ tem cadastradas no sistema aproximadamente 500 pessoas com deficiência para o transporte até as unidades da entidade, sendo 370 para o transporte à AACD Central, 67 para a AACD Mooca e 56 para a AACD Lar Escola.

Táxis acessíveis

Em fevereiro de 2017, o Atende+ efetivou a contratação do serviço de táxi acessível para incorporação à frota do serviço, aumentando a oferta de atendimento. Há 100 táxis acessíveis cadastrados no sistema.

Todos os taxistas envolvidos foram devidamente treinados e a operação teve início em março daquele ano.

O atendimento apresentou satisfação plena dos usuários, agregando qualidade e conforto ao serviço.

Consultas pela internet

Além da modernização e ampliação da frota, em junho do ano passado, a SPTrans disponibilizou aos usuários do Serviço Atende+ a consulta, via internet, das programações mensais, eventuais e cancelamentos de viagens.

Essa inovação garantiu facilidade ao acesso a informações sobre os atendimentos realizados e foi bem recebida pelos usuários.  Há 2.819 usuários da ferramenta, atualmente.

Todos estes avanços convergem na avaliação positiva de 99,6% dos usuários do Serviço Atende+, constatada em pesquisa realizada em 2018.

Prêmios

O Atende+ foi laureado com o Prêmio Marca Brasil pelo sétimo ano consecutivo. A homenagem identifica e destaca, entre os fornecedores de vários setores da economia nacional, as marcas de empresas e entidades setoriais e/ou de produtos e serviços que, de acordo com a  visão dos seus consumidores, são as melhores em suas categorias, que têm o seu respeito e que, por isso, merecem ser premiadas.

Nesta edição o Serviço Atende+ recebeu, além da placa e certificado de outorga, o certificado do prêmio “Top Absolute Marca Brasil”, uma láurea especial para homenagear as marcas de empresas e/ou de produtos que se mantiveram em primeiro lugar ininterruptamente na categoria, desde que a mesma foi criada ao menos há cinco edições.

Informações: SPTrans

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960