Em Curitiba, Estação tubo Fagundes Varela é instalada na Linha Verde Norte

quarta-feira, 11 de julho de 2018

As obras em andamento na Linha Verde Norte seguem avançando dia a dia. Um dos equipamentos importantes para a funcionalidade do projeto está sendo instalado, alterando a paisagem da região: a estação tubo Fagundes Varela, que vai atender os passageiros do transporte coletivo que circulará pela via.

O serviço começou há cerca de dez dias. O novo equipamento está sendo instalado sobre a plataforma, no trecho que já está com a canaleta, as duas pistas marginais e as duas vias locais implantadas.

Os trabalhos para a iluminação da Linha Verde estão sendo iniciados no trecho em obras. A sinalização horizontal (pintura) já foi feita. Em breve serão instaladas as placas (sinalização vertical).

O conjunto compreende ainda a pavimentação das ruas Bento Ribeiro, Francisco Zuneda Ferreira da Costa e José Fernandes Maldonado, que agora estão interligadas. Foi construída uma ponte sobre o Rio Bacacheri, consolidando a ligação entre as ruas. Preparadas, elas permitirão o acesso dos ônibus à estação Fagundes Varela pelo lado do Bairro Alto.

A passarela para pedestres próxima à futura estação Vila Olímpica também segue em implantação.

O atual trecho em obras na Linha Verde vai desde a Avenida Victor Ferreira do Amaral até a Avenida Caviúna e a Rua Ingabaú, no Bairro Alto, próximo ao Hospital Vita.

Seguem os trabalhos na trincheira da Rua Fúlvio José Alice, no Bairro Alto, que fará a ligação com a Rua Amazonas de Souza Azevedo, no Bacacheri. Uma galeria celular está sendo implantada para garantir a drenagem das águas pluviais na trincheira.

Do lado do Bairro Alto, estão sendo inseridos os tirantes nas paredes laterais da trincheira. As longas estruturas de aço introduzidas nas paredes de concreto darão sustentação à trincheira. Só depois desta etapa será possível dar início às escavações sob a Linha Verde.

Informações: URBS

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960