Apenas quatro dos 15 trens adquiridos pela Trensurb em 2014 estão em circulação

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Apenas quatro dos 15 trens adquiridos pela Trensurb em 2014 estão em circulação. Nos últimos dias, mais duas composições ficaram fora de uso por recorrência de problemas. O cronograma revisado de entrega de todos os trens série 200, proposto pelo Consórcio FrotaPoa, previa a conclusão dos reparos até 16 de outubro do ano passado. No entanto, o prazo foi descumprido pelo fornecedor em duas oportunidades.

Por meio de nota, a Trensurb destacou que, de acordo com os termos do contrato estabelecido com o consórcio, a direção da empresa determinou a aplicação de nova multa contratual correspondente a 2% do valor total do negócio. Já havia sido aplicada uma multa anterior de 1% do total. O valor do contrato é de R$ 243,7 milhões.

A Trensurb também afirmou que “busca as devidas reparações dos prejuízos decorrentes da não circulação dos trens”. Ainda conforme a empresa, está mantida a suspensão de todos os pagamentos.

Na última segunda-feira, representantes da Trensurb estiveram reunidos com dirigentes das empresas Alstom e CAF, que formam o consórcio, para voltar a cobrar uma solução definitiva. Um novo cronograma para a entrega dos trens deve ser apresentado até o final de fevereiro.

Informações: Correio do Povo

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960