Terminais de ônibus de SP oferecem interação com o Projeto Livro na Faixa

terça-feira, 27 de junho de 2017

Os terminais urbanos recebem livros de literatura universal para estimular  o compartilhamento gratuito dos títulos entre os usuários. Não é preciso ficar sócio, fazer inscrição ou ter carteirinha, o usuário apenas escolhe o livro, leva para ler e depois pode deixar esse ou outros exemplares na estante para dar oportunidade de leitura para outras pessoas.

As  estantes estão  instaladas nos terminais: A.E. Carvalho, Amaral Gurgel, Bandeira, Campo Limpo, Capelinha, Carrão, Cidade Tiradentes, Grajaú, Guarapiranga, Jardim Angela, Lapa, Mercado, Parelheiros, Penha, Pinheiros, Pirituba, Princesa Isabel, Santo Amaro, Sapopemba/Teotônio Vilela e Vila Nova Cachoeirinha.

O Livro na Faixa é um programa da SPTrans e da Coordenadoria Municipal de Bibliotecas, e que ganhou adesão da Livraria  Leitura, Editora Livrus, Socicam e do SPUbanuss e Empresas Operacionais: VIP Leste, Ambiental, Mobi, Cidade Dutra, Transpass, Gatusa, Transkuba, Gato Preto e Santa Brígida.

A Assessoria de Marketing da  SPTrans já enviou para as estante nos terminais mais de 30 mil livros , doados por editoras, livrarias, distribuidoras e autores. além de pessoas que apoiam o programa.

Quem estiver interessado em doar livros de literatura em grande quantidade pode entrar em contato via e-mail: marketing@sptrans.com.br

Informações: SPTrans

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960