Transporte público de Curitiba perde 14 milhões de passageiros em 1 ano

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Em 2016, o transporte coletivo de Curitiba transportou 197,06 milhões de passageiros pagantes. Em 2015 foram 211,78 milhões. A diferença é de mais de 14 milhões de passageiros entre um ano e outro. Uma queda brutal que vem se acentuando desde 2011, início do contrato atual. Naquele ano foram transportados 246,89 milhões de passageiros, cerca de 20% a mais que em 2016.

Estudo de empresas de ônibus de Curitiba mostra tarifa técnica defasada em R$ 0,91

Os números foram divulgados ontem pelo Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp), que também apontou que só a redução no número de passageiros deveria fazer a tarifa técnica paga às empresas subir de R$ 3,66 para R$ 4,57.

A quantidade de passageiros pagantes ao final do ano também é menor que as projeções feitas pela Urbs no início de cada período. Por exemplo, em 2016 a estimativa no começo do ano era ter 211,86 milhões de passagens pagas.

Para o próximo período tarifário — 2017 —, o Setransp, de acordo com os estudos próprios, trabalha com uma previsão de 15,3 milhões de passageiros por mês, em média, totalizando 183,6 milhões de passageiros.

Impacto

Nos últimos anos as empresas do transporte reivindicam uma tarifa técnica mais alta, justificando exatamente a queda no número de pagantes, já que as estimativas nunca bateram com a realidade.

A definição do reajuste anual da da tarifa técnica se dá normalmente em fevereiro, logo após a definição da data base dos motoristas e cobradores, que neste ano já encaminharam proposta de reajsute nos salários de 15%.

Quantos foram transportados (em milhões de pessoas)

Ano Passageiros pagantes Previsão da Urbs

2011 246,89 250,13

2012 241,24 248,75

2013 239,16 239,98

2014 227,04 234,56

2015 211,78 225,90

2016 197,06 211,86

Informações: Bem Paraná

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960