Em Belém, Veja quais linhas vão integrar o BRT no Terminal Mangueirão

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Duas novas linhas de ônibus expressos foram adicionadas para se integrar aos ônibus do Sistema BRT Belém, no Terminal Mangueirão. A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) já havia anunciado as primeiras linhas de ônibus e agora ampliou a malha de atendimento.

As novas linhas expressas a entrar no Terminal Mangueirão são: Tenoné – Pte. Vargas e Icoaraci – A. Barroso. Elas vãos se integrar ao Sistema BRT Belém que já conta com as linhas expressas C. Maguari – Ver o Peso (A. Barroso), Cabanagem – Ver o Peso, Cordeiro de Farias – Pte. Vargas, Cordeiro de Farias – Ver-O-Peso, Jardim Sideral-Dom Pedro II, Tapanã – Ver-O-Peso, Tapanã II – Ver-O-Peso, Tapanã-Felipe Patroni, Tenoné – Pátio Belém e Canarinho / Tapajós – Ver-O-Peso.

Integração
De acordo com a Semob, todas estas linhas virão de suas origens, entrarão no Terminal Mangueirão e lá farão integração entre si e com os ônibus BRT, sem pagamento de nenhuma passagem adicional. Saindo do Terminal, os ônibus já irão acessar a canaleta exclusiva e seguirão de forma expressa até São Brás, quando saem da canaleta e seguem até o destino final.

“O usuário pode subir em um desses ônibus no fim da linha ou em uma das paradas existentes até o Terminal Mangueirão. Uma vez dentro do Terminal, o usuário pode pegar qualquer outra linha que estiver lá dentro e seguir até ao seu destino”, explica Gilberto Barbosa, diretor geral da Semob.

Além das linhas expressas, também há linhas alimentadoras que irão acessar o Terminal Mangueirão e de lá retornam ao seu ponto de origem. São elas: Icoaraci-Almirante Barroso e a Canarinho/Tapajós- Ver-o-Peso, mas com a entrada delas no sistema expresso novas linhas assumiram o papel de alimentadoras. Uma delas é o Águas Negras – São Brás, uma linha já existente que passará a ser Águas Negras – Terminal Mangueirão. As outras duas são novidade: Shopping Bosque Grão Pará – Terminal Mangueirão e Castanheira – Terminal Mangueirão.

Informações: G1 PA

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960