Em Curitiba, Faixa exclusiva de ônibus da Conselheiro Laurindo entra em operação

sexta-feira, 1 de abril de 2016

O prefeito Gustavo Fruet percorreu nesta quinta-feira (31) a nova faixa exclusiva para o transporte coletivo em Curitiba, implantada na Rua Conselheiro Laurindo, entre o bairro Prado Velho e o Centro da cidade. A exclusividade para os coletivos se estende por dois trechos que totalizam 1.900 metros – o primeiro localizado na faixa da direita da via, entre a Rua Chile e a Av. Sete de Setembro; e o segundo na faixa da esquerda, entre a Av. Visconde de Guarapuava até a Travessa Itararé, próximo ao Terminal Guadalupe. Em função do grande número de veículos, incluindo ônibus, que fazem conversões, a faixa exclusiva será interrompida na quadra entre as avenidas Sete de Setembro e Visconde de Guarapuava.

Segundo o prefeito, o objetivo principal da implantação das faixas exclusivas é melhorar a qualidade e a capacidade do transporte público em Curitiba. “Com os seis quilômetros das quatro faixas atuais, estamos atendendo 61 linhas e beneficiando diariamente 207 mil usuários com um redução média de 30% nos tempos dos deslocamentos. Este é um grande fator atrativo para podermos conquistar mais usuários para o ônibus na cidade, principalmente nos horários de pico. As pessoas podem ter seu carro, mas temos que priorizar o transporte coletivo, compartilhar as vias e respeitar muito os pedestres, as pessoas com deficiência e o ciclistas no trânsito”, afirma. Além da Conselheiro Laurindo, já foram implantadas faixas exclusivas nas ruas XV de Novembro, Marechal Deodoro e Desembargador Westphalen.

Fruet destaca que a Prefeitura está investindo em novas infraestruturas para melhorar a mobilidade em Curitiba, com a implantação de cinco trincheiras, três viadutos, 300 quilômetros, obras na Linha Verde e também na região sul da cidade. “Nas próximas semanas, vamos lançar os editais para a construção da trincheira da Rua Fúlvio José Alice (Bairro Alto) e das alças de acesso da trincheira do Ceasa e do viaduto da Vila Pompeia”, confirma.

Pelo trecho da nova faixa exclusiva passam 15 linhas de ônibus, que transportam por dia em torno de 50 mil passageiros – linhas convencionais: Santa Bárbara, Petrópolis, Solitude, Avenida Munhoz/Jardim Botânico, Erasto Gaertner, Guabirotuba, Vila São Paulo, Uberaba e Canal Belém; Ligeirinhos: Santa Cândida/Pinheirinho, Aeroporto, Boqueirão/Centro Cívico, Sítio Cercado (anti-horário), Fazendinha/Guadalupe, PUC/Rodoferroviária.

“As faixas exclusivas são um instrumento de sustentabilidade, pois além de melhorar o desempenho do transporte coletivo contribuem para que o espaço das vias urbanas seja utilizado por um maior número de pessoas. Temos observados resultados significativos nas faixas já implantadas, com uma economia de tempo de 15 a 20 minutos em alguns casos”, diz o presidente da Urbanização de Curitiba S/A (Urbs), Roberto Gregório.

A velocidade máxima permitida no trecho de faixa exclusiva da Rua Conselheiro Laurindo é de 60 km/h até a Av. Sete de Setembro e de 40 km/h na continuação da via. Ao longo do percurso, como já acontece nas demais faixas exclusivas, haverá acessos aos demais veículos para conversões à direita no primeiro trecho – nas ruas Baltazar Carrasco dos Reis e Brasílio Itiberê e avenidas Dr. Dário Lopes dos Santos e Silva Jardim – e à esquerda no segundo, na Travessa Itararé.

As áreas de acesso para conversão são demarcadas por uma linha pontilhada que fica a cerca de 20 metros do cruzamento – para o acesso à Av. Silva Jardim, que tem grande movimento, a linha pontilhada se inicia logo após o cruzamento com a Av. Getúlio Vargas/Av. Dário Lopes dos Santos. Motoristas e motociclistas poderão passar para a faixa exclusiva apenas nesses acessos – respeitando o fluxo dos ônibus que têm a preferência – para depois fazer a conversão à direita.

Fiscalização

Agentes da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) farão nos próximos dias orientações para os motoristas sobre a nova circulação na região. A partir do dia 14 de abril, será iniciada a fiscalização da utilização correta da faixa exclusiva da Rua Conselheiro Laurindo.

“As secretarias de Trânsito, Obras Públicas e Governo, a Urbs e o Ippuc (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba) têm desenvolvido um planejamento intenso para organizar novas estruturas viárias para as faixas exclusivas. Há projetos sendo estruturados para novas faixas na Rua Alferes Poli, Rua João Negrão e Av. Presidente Kennedy e estamos estudando suas implantações”, lembra o diretor de engenharia da Setran, Mauricio Razera.

Informações: URBS

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960