Tarifa de ônibus na grande Goiânia poderá ser paga com cartão de crédito

terça-feira, 22 de março de 2016

A Rede Metropolitana de Transporte Coletivo (RMTC) lança nesta terça-feira (22), o aplicativo chamado “Recarga Agora”, que permite que o usuário do transporte público coletivo na região metropolitana de Goiânia possa pagar a tarifa com cartões de crédito.

A ferramenta pode ser uma alternativa para quem enfrenta dificuldades rotineiras ao comprar créditos para o Cartão Fácil, como a falta de postos de venda, principalmente aos finais de semana e feriados e a não devolução de troco em alguns locais.

Segundo a RMTC, o Recarga permite o pagamento via cartão de crédito das bandeiras Visa e Martercard. O serviço será provido pela empresa RedeTrans, sediada em Porto Alegre, especializada em revenda de créditos de mobilidade Urbana, que atua em todos os modelos de transporte coletivo, tais como: ônibus, metrô, trens e barcas visando melhorar a experiência do cliente final com a mobilidade urbana.

A Redetrans cobrará uma taxa de conveniência – despesas bancárias e funcionalidades do aplicativo. A taxa de conveniência, para os clientes que optarem por esta solução será de 5% sobre o valor da transação. Quem cobra a taxa de conveniência é o provedor do aplicativo e não a RMTC. O preço da tarifa paga pelo cliente será o mesmo da tarifa básica vigente, atualmente R$ 3,70. Não há acréscimo no valor da tarifa.

Informações: Diário de Goiás

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960