Prefeitura de Fortaleza entrega nova ciclofaixa e faixa exclusiva de ônibus na Av. Juscelino Kubitschek

sexta-feira, 11 de março de 2016

A cidade de Fortaleza vai ganhar uma nova ciclofaixa e um novo trecho de faixa exclusiva para ônibus, neste domingo (13/03). O prefeito Roberto Cláudio inaugura, às 9 horas, a nova ciclofaixa da Avenida Juscelino Kubitschek e a faixa exclusiva de ônibus, com extensão de 2,5 quilômetros por sentido, situados entre a rotatória do Castelão e a Av. Presidente Costa e Silva (Perimetral).

A ciclofaixa receberá o nome do ciclista Vicente Veloso Neto, o "Xuxa", como era carinhosamente conhecido e que faleceu no último dia 8 de fevereiro, aos 67 anos. A faixa exclusiva de ônibus vai beneficiar cerca de 27 mil passageiros que utilizam oito linhas de transporte coletivo que trafegam pela via.

Com a nova configuração, a Av. Juscelino Kubitschek terá a faixa da direita destinada somente aos ônibus, veículos do transporte complementar, escolar e táxi. As duas faixas do meio serão mistas e no lado esquerdo, junto ao canteiro central, haverá uma ciclofaixa que irá se conectar à ciclovia existente na Av. Alberto Craveiro.

Com a implantação na Av. Juscelino Kubitschek, Fortaleza para a contar com 96,6 quilômetros de faixas exclusivas para ônibus e 145,2 quilômetros de infraestruturas cicloviárias: 85,2 quilômetros de ciclovias e 60 quilômetros de ciclofaixas. Hoje, verifica-se um aumento de 72,3 quilômetros, evidenciando uma ampliação de 99% durante a gestão do prefeito Roberto Cláudio. A meta é concluir 2016 com 216 quilômetros de infraestruturas cicloviárias expandidas.

Durante a solenidade, a Gerência de Educação da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) realizará uma ação educativa para conscientizar os usuários acerca do respeito a todos os modais de transporte, principalmente à bicicleta, no intuito de promover um trânsito cada vez mais harmônico e seguro.

Informações: Etufor

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960