Tarifa do ônibus em Curitiba sobe para R$ 3,70

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

O passageiro de Curitiba começou a pagar R$ 3,70 para andar de ônibus, o que representa um aumento de 12,12% sobre o valor atual. Pelo segundo ano consecutivo, a Urbs, empresa que administra o sistema, definiu o reajuste antes do anúncio de uma nova tarifa-técnica (valor real de cada passageiro repassado às empresas pela Urbs). Isso significa que, se houver um aumento salarial aos motoristas e cobradores acima do que ela prevê que as empresas concederão, é possível que a tarifa seja reajustada de novo após 26 de fevereiro (data do anúncio da nova tarifa-técnica). A data-base da categoria também ocorre em 1.º de fevereiro.

Também sobem os preços do Circular Centro e a tarifa domingueira - para R$ 2,50 - e a Linha Turismo - para R$ 40,00.

Segundo Roberto Gregório, presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs), responsável pelo gerenciamento do transporte coletivo na capital, o aumento é necessário para o “equilíbrio financeiro do sistema”. Além disso, segundo Gregório, com o aumento fica garantida a manutenção da integração com o transporte metropolitano.

Para os passageiros da Região Metropolitana, foram criados quatro degraus tarifários.
- 1º degrau: R$ 3,70 – vale para linhas que vão para Curitiba a partir de Campo Magro, Campo Largo, Araucária e Pinhais.
- 2º degrau: R$ 3,80 – vale para linhas que vão para Curitiba a partir de São José dos Pinhais, Almirante Tamandaré e Colombo.
- 3º degrau: R$ 3,90 – vale para linhas que vão para Curitiba a partir de Piraquara e Fazenda Rio Grande.
- 4º degrau: R$ 4,70 – vale para linhas que vão para Curitiba a partir de Bocaiuva do Sul, Contenda, Itaperuçu e Rio Branco do Sul.

A tarifa domingueira também passou para R$ 2,50.
A integração entre as linhas metropolitanas e as da capital, portanto, está mantida. Ou seja, quem pegar as linhas integradas pode sair das cidades da RMC para Curitiba, onde podem se integrar com as demais linhas do sistema sem pagar uma nova passagem. Para voltar, vale o preço da tarifa de Curitiba, que é única, no valor de R$ 3,70.

Informações: Gazeta do Povo

Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960