Frota de ônibus é ampliada em 30% para o carnaval de Salvador

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

A Secretaria de Mobilidade (Semob) preparou um esquema especial de ordenamento do transporte coletivo para o Carnaval. A iniciativa contará com a atuação de 870 prepostos em 40 viaturas, e todo o controle da operação será monitorado 24h em tempo real, a partir do Centro de Controle Operacional (CCO) localizado na sede da Semob, em Amaralina. Além disso, foram instaladas oito bases operacionais distribuídas nas adjacências dos circuitos e serão realizadas ações rotineiras de fiscalização em campo. 

O Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus (STCO) funcionará com cerca de 400 linhas e com frota total de 2.615 veículos, dividida em três faixas de horário, de acordo com a demanda apresentada. No período com menos usuários, das 5h às 13h, a frota das linhas atuará com 50% dos coletivos. Já no horário de maior pico, das 13h às 5h do dia seguinte, a Semob disponibilizou 70% da frota de cada linha para atender aos foliões. Destas linhas, 144 terão operação especial de funcionamento 24h para garantir a oferta de coletivos na madrugada. Cerca de 12 mil rodoviários atuarão durante todos os dias da festa. 

Os micro-ônibus do Subsistema de Transporte Coletivo Complementar (STEC) atuarão com 71 linhas e 163 veículos durante 24 horas, com maior intensidade no período da madrugada. Esses coletivos atenderão aos trechos do Vale do Canela, Avenida Garibaldi e Praça Cairu, com roteiros para Paripe, Ceasa, São Cristóvão, Periperi, Cajazeiras, Itapuã e Brasilgás.  Além disso, a Semob vai colocar à disposição dos usuários 57 ônibus da frota reguladora nas Estações da Lapa, Pirajá, Mussurunga e Barroquinha. Fora os pontos de ônibus já existentes na cidade, haverá a criação de pontos especiais de embarque e desembarque durante o Carnaval nas Avenidas Anita Garibaldi, Centenário e Reitor Miguel Calmon (Vale do Canela).

Informações: Tribuna da Bahia


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960