Prefeitura de Porto Alegre vistoria 208 ônibus da nova frota, que deve entrar em operação no primeiro semestre

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, o diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, e técnicos da empresa realizaram nesta quarta-feira, uma vistoria nos novos ônibus adquiridos pelas vencedoras da licitação do transporte coletivo da Capital. A visita técnica ocorreu na cidade de Caxias do Sul, sede da empresa Marcopolo, responsável pelo encarroçamento de 208 ônibus da nova frota, que deve entrar em operação no primeiro semestre.
Noventa por cento dos novos coletivos que estão sendo fabricados terão ar-condicionado | Foto: Ivo Gonçalves / PMPA / Divulgação / CP

Ao todo, as empresas de ônibus de Porto Alegre adquiriram 293 ônibus, sendo 208 produzidos pela Marcopolo. A indústria está em férias coletivas, mas manteve 1,5 mil trabalhadores na linha de produção para atender a demanda das empresas de transporte da Capital. A direção da Marcopolo garante que todos os ônibus serão entregues até o dia 5 de fevereiro. Cerca de 90 por cento deles com ar-condicionado.

Os novos coletivos terão um layout totalmente diferente do atual. As bacias serão separadas por cores, sendo que a definição destas teve um aspecto que o prefeito José Fortunati considera significativo. "Em homenagem aos nossos dois grandes clubes, as cores das linhas das bacias Norte e Sul foram definidas de modo que a azul atendesse a região da Arena, e a vermelha, a do Beira-Rio." Os ônibus da zona Leste terão a pintura verde. Os da Carris, o tradicional ocre.

A licitação definiu ainda previsão de acessibilidade em toda a frota; diminuição da ocupação para quatro pessoas por metro quadrado; a criação do Sistema de Qualidade de Serviço, para analisar o atendimento à população, podendo resultar em penalizações para as empresas; e instalação de GPS em toda a frota, entre outros avanços em relação ao atendimento prestado atualmente.

Informações: Correio do Povo


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960