Em SP, Rua Lino Coutinho terá faixa exclusiva a partir desta segunda-feira,18

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e a São Paulo Transporte (SPTrans) implantam 2 km de faixa exclusiva à direita para ônibus na Rua Lino Coutinho, entre as ruas Greenfeld e dos Patriotas, no sentido Centro, a partir desta segunda-feira, 18/01.

A nova faixa exclusiva para o transporte público funcionará de segunda a sexta-feira das 6 às 9 horas.

A ativação está inserida na Operação Dá Licença Para o Ônibus, cujo objetivo é priorizar a circulação do transporte coletivo, contribuindo para a melhoria do desempenho dos ônibus nos corredores. Com isto, busca-se a redução dos tempos de viagens com padrões de eficiência, conforto e segurança para os usuários do transporte público.

Com esta implantação, a partir de 18 de janeiro, a malha de faixas exclusivas chegará aos 485 km. Do total de faixas exclusivas existentes na cidade, a atual gestão inaugurou 395 km. Portanto, antes, São Paulo possuía 90 km.

População beneficiada

Pelas vias, no trecho desta implantação, circulam 08 linhas de ônibus, com frequência média de 46 ônibus/hora, transportando 82 mil passageiros em média por dia útil.

Fiscalização

A ativação da nova faixa exclusiva terá um período de adaptação, quando os agentes de trânsito irão orientar os motoristas para não invadirem o espaço nos horários definidos para a exclusividade dos ônibus. A partir de 1º/02 a fiscalização será intensificada na via.

Independente disso, a orientação é para que todos os motoristas respeitem a faixa exclusiva desde o início da implantação da mesma.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), transitar na faixa exclusiva de ônibus é uma infração gravíssima, com perda de 7 pontos na habilitação e multa de R$ 191,54.

A Engenharia de Campo da CET e da SPTrans vão acompanhar o desempenho da nova faixa exclusiva, visando melhorar as condições de trânsito e preservar a segurança viária de todos os usuários.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960