CTTU Recife realiza interdições no 'Túnel do Pina' para retirada do canteiro central

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

De sábado (9) a segunda-feira (11), sempre das 22 às 7h, o túnel Josué de Castro – ou Túnel do Pina, como é popularmente conhecido - estará inteditado para a remoção do canteiro central. Nos outros horários, a via estará liberada normalmente. O túnel passa a ter sentido único, subúrbio-centro, a partir do dia 17 de janeiro, na etapa final das obras da Via Mangue.
Foto: Guga Matos/JC Imagem

Durante os perídos de intervenção, a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) enviará uma equipe de quatro agentes de trânsito para realizar os desvios necessários. Durante a interdição, que acontece apenas durante a noite/madrugada, os condutores que desejam seguir para a Avenida Antônio de Góes podem entrar na Avenida República do Líbano, virar à esquerda na Rua Barão de Santo Ângelo e à direita na Rua Santos Leite.

Para quem vem pela Avenida Antônio de Góes e deseja seguir para a área do entorno do shopping RioMar, deve utilizar a Rua Arquiteto Augusto Reinaldo, entrar na Avenida Herculano Bandeira e pegar a Rua Nogueira de Souza.

Via Mangue
O túnel, que passa sob a Avenida Herculano Bandeira, foi inaugurado em 2008. A Via Mangue tem 5,63 quilômetros de extensão entre a Rua Antônio Torres Galvão e a Alça do Viaduto Capitão Temudo (pista oeste) e 4,36 quilômetros entre a Rua Antônio Torres Galvão e o Túnel da Rua Manoel de Brito (pista leste).

Para tentar evitar possíveis retenções, a Rua Manoel de Brito ganhará mais uma faixa a partir da alça da Ponte Encanta Moça, na altura da entrada do RioMar Shopping. O prefeito do município, Geraldo Julio, garante que já foram feitas todas as simulações de tráfego, mas que os órgãos responsáveis seguirão monitorando a situação.

Ainda como alternativa para acomodar o fluxo de veículos, a pista leste da Via Mangue contará com seis acessos ao bairro de Boa Viagem: Ruas Maria Carolina, Padre Bernardino Pessoa, Tenente João Cícero, Eduardo Wanderley, José Maria de Miranda e Tomé Gibson.  A rota de fuga visa desafogar o trânsito, deixando caminho livre para quem tiver o centro como destino ou a Avenida Agamenon Magalhães.

Informações: G1 PE


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960